Viúva de Tom Veiga mostra momento com o ator e se pronuncia em meio à polêmica: “Sinto falta”

Cybelle Hermínio e Tom Veiga juntos (Foto: Reprodução/Instagram)
Cybelle Hermínio e Tom Veiga juntos (Foto: Reprodução/Instagram)

Em meio a uma polêmica com acusações, a ex-mulher de Tom Veiga (1973-2020), Cybelle Hermínio, foi às redes sociais nesta quinta-feira (22) falar sobre as saudades que sente do ex-marido, falecido em novembro do ano passado.

Em seu perfil no Instagram, Cybelle aproveitou o dia de TBT para relembrar um momento divertido vivido com o intérprete de Louro José no aeroporto antes de uma viagem.

Eu sinto muita falta do bom humor do Tom”, escreveu ela na legenda da postagem.

Alguns internautas, então, deixaram mensagens de conforto nos comentários. “Tenho certeza que de onde ele estiver está cuidando de vocês! Você é uma pessoa com um coração incrível, uma mulher maravilhosa da qual eu tenho orgulho e me inspiro”, comentou uma seguidora.

“Muito legal essas lembranças!”, escreveu outra. “A última vez que o encontrei foi no aeroporto, ele ainda ficou um tempo comigo no desembarque aguardando meu marido que gostaria muito de conhecê-lo mas a carona dele chegou primeiro… uma pena…”, recordou uma outra internauta.

A polêmica da viúva de Tom Veiga

No último dia 11, Cybelle Hermínio quebrou o silêncio em entrevista reveladora ao Domingo Espetacular, da Record. A viúva de Tom Veiga se pronunciou após acusações de que os dois tinham brigado dias antes da morte dele e ainda falou sobre a disputa da herança com os filhos do ator.

Durante a conversa com Roberto Cabrini, Cybelle chorou e fez desabafo. “Nesse momento tem jornalistas que estão me definindo como monstro. Pessoas que vão até mim e me chamam de assassina, vagabunda, usurpadora“, disse.

A ex-mulher do intérprete do Louro José classificou a briga pela herança do ator como “lamentável e triste”. Ela ainda afirmou que ele fez o testamento prevendo a disputa que iria acontecer após sua morte e disse que os filhos o viam apenas como um “caixa eletrônico”.

“O Tom sempre me preparou para isso, ele sabia que isso ia acontecer. Ele sabia que os filhos brigariam por causa de dinheiro. Nunca houve [discussão sobre o testamento]. O testamento partiu do Tom porque ele sempre soube os filhos que tinha. Não existia esse carinho de pai. O Tom se sentia um caixa eletrônico“, disparou ela.

Cybelle também rebateu as reclamações feitas pelo ex em alguns áudios. “Nada disso é verdade. Nunca houve violência, de ambas as partes. Uma pessoa que realmente é agredida tem interesse em perguntar como a outra está, ir até você? Eu diria que é contraditório”, declarou.

Veja mais ›