Wanessa Camargo relembra sequestro e revela: “o alvo era eu”

publicidade

A cantora Wanessa Camargo desabafou pela primeira vez sobre o caso de sequestro do tio, Wellington Camargo, que aconteceu no ano de 1998. A declaração foi dada durante a série documental É o Amor: Família Camargo, da Netflix.

Em depoimento, a artista relatou que o episódio traumático familiar era para ter acontecido com ela. Na ocasião, Wellington, que é tetraplégico, chegou a ficar mais de 90 dias nas mãos dos bandidos. Neste período ele chegou a ter parte da orelha decepada.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“O primeiro alvo do sequestro seria eu. Eles tinham fotos minhas, dos meus horários, só que a ‘sorte’ minha é que eu não tinha um horário fixo. Era difícil me acompanhar. Foi por isso que eles desistiram”, contou ela.

“Depois viram o meu pai falar que o Welington[tio] era como um filho, no Gugu, e foram atrás dele”, lembrou Wanessa sobre o caso, que na época chegou a mobilizar todo o Brasil.

Ainda durante o documentário, Zezé e Zilu apareceram para para relatar o quanto o sequestro mexeu com a família. O cantor contou que ficou tão aflito com as consequências do crime, que pediu para tirar seus filhos e esposa do país.

Abriu o coração sobre aborto

O documentário É o Amor: Família Camargo também mostra a cantora Wanessa Camargo falando sobre a perda de seu terceiro filho. A artista passou por um aborto espontâneo no início de 2021, o que acabou resultando em problemas de saúde mental.

Muito tocada com tudo o que passou, Wanessa desabafou com o marido sobre a sensação que teve ao receber a notícia do falecimento do bebê. A cantora afirmou que o fato fez ela entrar em uma profunda reflexão sobre sua vida.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“Se soubesse que tinha passado por tudo isso, tinha escolhido esperar. Pra mim primeiro foi: ‘Por que eu fiquei grávida pra passar por tudo isso?’ Quando eu passei por tudo esse processo, eu tive muito medo da morte. Pelo processo todo, de ter tudo anemia, de ter tido aquele aborto, a febre, o medo da infecção, a correria pra não correr risco”, iniciou a filha de Zezé Di Camargo.

“E esse tudo acabasse? Você teve o seu vô que morreu. Você está vivendo plenamente ou tá empurrando as coisas com a barriga? Você está utilizando bem o tempo que tem? Cheguei a conclusão de que muita coisa eu não tô conseguindo ser eu, não tô usando meu tempo como eu deveria”, explicou Wanessa.

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›