Wesley Safadão se defende após ser acusado de maltratar fã

Após supostamente se recusar a tirar foto com uma fã, em um show feito no Maranhão, Wesley Safadão foi detonado por muitos internautas que chamaram o cantor de arrogante. Após se dar conta das ofensas, ele se defendeu nos stories do Instagram.

Não encosta”, teria falado ele para a admiradora. Mas, segundo o músico, isso foi para um dos integrantes de sua equipe de segurança, visto que achava desnecessária toda proteção.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“É um vídeo de três segundos, onde eu digo que não quero gente perto de mim. Mas graças a Deus, logo em seguida, depois que eu falo isso eu vou e faço foto com fã que está na minha frente, mas o que eu quero dizer sobre isso, é que logo que eu cheguei, foi feito um cordão de isolamento de segurança e eu pedi pra desfazer cordão de isolamento”, pontuou ele.

Por fim, o famoso fez questão de pedir desculpas à fã, caso ela tenha se sentido desconfortável com a situação exposta na internet.

“[…]Logo na sequência eu faço fotos com fãs. Mas eu peço desculpas à menina que fez esse vídeo, caso ela tenha se sentido ofendida. Isso não foi pra você e isso não vai ser pra vocês [fãs] jamais, isso nunca aconteceu e isso nunca vai acontecer”, declarou.

Se justificou

Vale destacar que, há pouco tempo Wesley Safadão também se envolveu em uma outra polêmica, após fazer um show para mais de 4 mil pessoas, em meio ao avanço da pandemia. Após as críticas, ele disse que o evento estava com as recomendações da OMS.

“Esse show [em Natal] vai ser uma forma de mostrar para outras cidades e estados que é possível voltar com segurança. Não é o ideal, mas já é um recomeço, um grande passo. O último show que fizemos nesse estádio foi para mais de 20 mil pessoas. Nós vamos fazer um show no mesmo espaço com mil mesas, para aproximadamente 4.000 pessoas. Não somos loucos, vamos seguir as regras, vai ter distanciamento. Tenho certeza que tem como voltarem os shows”, falou ele, que prosseguiu.

“A nossa classe artística, e aqui não falo só por mim, mas os grandes artistas do país, conseguem outras fontes de renda. Quem está sendo muito prejudicado são os artistas menores, é o cara do palco, do som, da luz, do banheiro químico, da limpeza e os produtores de evento que só vivem disso. A gente não pode ser privado, por isso levantei essa bandeira”, contou.

Confira:

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›