Xuxa nega ser 100% vegana e explica motivo

Depois de ser alfinetada por Mara Maravilha, por ser vegana, Xuxa se pronunciou nas redes sociais e desmentiu ser 100% intensa na prática. Além do mais, ela explicou aos fãs que, costuma aparecer em cliques com produtos não veganos, já que em alguns nichos há poquíssimas opções do estilo de vida que segue.

“Possivelmente vocês ainda podem me ver em uma publicação (não paga, como editorial de moda) usando produtos que podem a vir não ser veganos, ou ‘cruelty free’, porque muitas vezes quando sou ‘convidada’ e não paga pra vestir algo, os produtores não se preocupam com isso já que ainda não temos muitas coisas ‘veganas’ no ramo da moda”, iniciou a famosa.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Ao concluir, ela revelou que espera conseguir chegar no seu real objetivo. “Mas sempre disse que minha alimentação é a base de plantas. A minha alimentação é vegana, mas meu trabalho e minha vida não me permitem ser 100% vegana. Um dia farei e serei, portanto, é de extremo mal gosto falarem de algo que ainda estamos longe de conseguir. Deixo o meu ‘obrigada’ a quem entendeu que nem sempre farei ou usarei o que quero, porque ‘ainda’ sou uma artista (e quem é artista de verdade sabe disso). Deixo uma dica também: antes de criticarem, se informem, é feio falar de algo que você desconhece”, finalizou.

Preconceito

Em uma recente conversa com a Vogue, Xuxa destacou que há diversas pessoas confundindo opinião com preconceito. Além do mais, ela disse que muitas delas se escondem atrás de religiões.

“O mais vergonhoso é saber que o ‘gado’ aceita e segue os preconceituosos, racistas, homofóbicos em nome de Deus e da pátria. Falando especificamente desse caso, eu acho o seguinte: as pessoas estão confundindo o direito de ter sua opinião com o desrespeito, falta de empatia, a falta de amor, e isso para mim se chama discriminação e preconceito”, começou.

Logo em seguida, a ex-contratada da Record opinou sobre o que acha do que realmente se trata de uma opinião. “Então as pessoas que são dessa tribo que gosta de discriminar, de ser preconceituosas ou homofóbicas, elas não têm opinião. Opinião, que eu digo é tipo: ‘eu gosto de comer carne’, ou, ‘não gosto de comer carne’. Isso é opinião, e não me fere o fato dela comer a carne, e tão pouco eu estou ferindo ela se eu não comer carne”, explicou a estrela.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›