Yanna Lavigne reposta foto censurada no Instagram

Yanna Lavigne, que está grávida do segundo filho, fruto do casamento com Bruno Gissoni, desabafou nas redes sociais. Ela publicou mais uma vez uma foto em que surge fazendo topless e mostrando a barriguinha de gestação. Na legenda, ela protestou porque a imagem havia sido censurada pelo Instagram quando foi publicada pela primeira vez.

“No post deletado pelo Instagram, a legenda foi: “O que é liberdade pra você?” Me autocensurei e respondo: Quanto artista e corpo feminino. Poder expressar o que sou, como eu sou”, disse ela, que dessa vez usou um emoji de coração para cobrir parte dos seios. Quase 200 mil pessoas curtiram a postagem, além de outras muitas que deixaram apoio na caixa de comentários.

Veja a foto publicada por Yanna nas redes sociais:

Segunda gravidez

O anúncio da segunda gestação de Yanna Lavigne aconteceu em julho. Na ocasião, a famosa, que já é mãe de Madalena, de 4 anos, fruto do casamento com Bruno Gissoni, comemorou nas redes sociais. Ela publicou uma foto em que surge sorridente ao lado do marido e, na legenda, falou sobre o segundo filho.

“Bom dia para os papais de segunda viagem mais felizes desse universo”, disse ela, marcando os profissionais responsáveis pelo ensaio. Nos comentários, o casal recebeu muitos elogios pelo clique e pelo momento feliz. “Que alegria, amiga!”, escreveu uma internauta verificada. “Ah! Maravilhosos”, disse a atriz Nathalia Dill, que também foi mamãe recentemente. “Ai, que notícia linda! Parabéns mamãe e papai e irmãzinha
Que venha com muita saúde”, afirmou outra usuária.

Cancelamento

Também recentemente, Yanna Lavigne e Bruno Gissoni concederam uma entrevista exclusiva à revista Quem. Naquela ocasião, os dois falaram sobre os desafios de criar um filho na cultura do cancelamento. Além disso, afirmaram que o pensamento deles sobre o feminismo mudou com o passar do tempo e a criação de Madalena.

Não pensamos muito sobre o cancelamento. Vamos errar sim, naturalmente. Aliás vemos o erro como um passo importante da evolução, O melhor caminho é criá-la com transparência”, afirmou o ator.

Feminismo

Por sua vez, a artista comentou que é necessário manter o cuidado. “Entender a influência sobre as pessoas é cuidadoso. As cobranças de posicionamento estão mudando, com elas vem o cancelamento midiático e cruel, mas também necessário para as pessoas que influenciam entenderem e se colocarem com maior responsabilidade diante das pessoas que consomem suas informações”, disse ela, que falou sobre feminismo na sequência.

Temos a tendência de nos distanciarmos dos problemas e deixá-los para depois. O feminismo é uma causa urgente. Se queremos um mundo mais justo e igualitário para nossa filha, ele passa obrigatoriamente pela luta e resistência de causas como o feminismo”, concluiu.

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›