Episódio de série que mostra ator acusado de pedofilia interpretando pedófilo é retirado de streaming

Chris D'Elia
Chris D’Elia (Divulgação)

Uma denúncia pode ser ter grande impacto dentro de uma plataforma de streaming. Na última semana, o comediante Chris D’Elia, que participou da série YOU dando vida um pedófilo, foi acusado nas redes sociais, de abordar menores de idade online, para lhes pedir fotos íntimas. O assunto delicado foi tratado com seriedade pelos detentores dos direitos autorais de outra série: Workaholics.

Coincidentemente, o programa conta com um episódio que D’Elia participa, e novamente interpreta um molestador de crianças que faz amizade com os personagens interpretados por Adam Devine, Anders Holm e Blake Anderson. Este episódio foi removido da plataforma digital do canal Comedy Central, do Hulu, e do streaming Amazon Prime Video. Mas o ator não perdeu destaque só nisso. Seu especial no Comedy Central, chamado White Male, Black Comic, também desapareceu online.

Ele só aparece neste momento nos três episódios da segunda temporada de YOU que participou, onde seu personagem perseguia uma garota de 15 anos. Chris D’Elia depois de se tornar assunto mais comentado nas redes sociais, rebateu as acusações de assédio através de um comunicado enviado para o site de fofocas TMZ:

“Sei que disse e fiz coisas que podem ter ofendido as pessoas durante a minha carreira, mas nunca, em nenhum momento, persegui conscientemente mulheres menores de idade. Todos os meus relacionamentos foram legais e consensuais e nunca conheci ou troquei fotos inapropriadas com as pessoas que tuitaram sobre mim. Dito isto, eu realmente sinto muito. Eu era um cara burro que ABSOLUTAMENTE me deixava envolver no meu estilo de vida. A culpa é minha. Estou refletindo sobre isso há algum tempo e prometo que continuarei a melhorar”, escreveu.

Chris D'Elia e Whitney Cummings na sitcom Whitney
Chris D’Elia e Whitney Cummings na sitcom Whitney (Divulgação/ NBC)

O ator estrelou a sitcom Whitney, protagonizada por Whitney Cummings, que foi até as redes sociais falar sobre o ocorrido. “Demorei alguns dias para processar as informações que ouvi sobre Chris. Estou arrasada e enfurecida com o que li e aprendi. Este é um padrão de comportamento predatório. Este abuso de poder é permitido pelo silêncio. Agora que estou ciente, não farei silêncio. As meninas devem ser fãs de um comediante que admiram sem serem um alvo sexual. É responsabilidade do adulto ser adulto”, disparou.