Episódios da 3ª temporada de Westworld ganham sinopses oficiais

Westworld (Imagem: Divulgação)

A 3ª temporada de Westworld estreia em poucos dias na HBO. Sem dar detalhes sobre os eventos do que promete a trama no novo ano e com um ar de mistério, a emissora divulgou os títulos e sinopses dos quatro primeiros episódios [via Bleending Cool].

Intitulado “Parce Domine”, o primeiro episódio, escrito por Lisa Joy e Jonathan Nolan, diz “Se você estiver preso, tente andar em linha reta.” A direção é Jonathan Nolan. Já o segundo, “The Winter Line”, conta com Matthew Pitts e Lisa Joy no roteiro e Richard J. Lewis na direção. A descrição do capítulo anuncia: “As pessoas erguem muitas paredes. Traga uma marreta para sua vida.” “The Absence of Field”, terceiro capítulo da temporada, afirma: “Se você não gosta do que vê no espelho, não culpe o espelho.” Escrito por Denise Thé e dirigido por Amanda Marsalis. E em “The Mother of Exiles”, quarto episódio, “A verdade nem sempre liberta”. Jordan Goldberg e Lisa Joy assumem o roteiro e Paul Cameron na direção.

A 3ª temporada de Westworld será lançada no dia 15 de março, próximo domingo. O novo ciclo contará com oito episódios, dois a menos que as duas anteriores. Evan Rachel Wood, Thandie Newton, Jeffrey Wright e Luke Hemsworth reprisam seus personagens. Aaron Paul (Braking Bead), Vincent Cassel (Cisne Negro) e Lena Waithe (Master of None) são os novos nomes do elenco no novo ciclo.

Criada por Lisa Joy e Jonathan Nolan, a série de drama e ficção cientifica da HBO acompanha a história de um parque tecnológico de faroeste, povoado por anfitriões robôs. No local, os seres humanos são os convidados e podem fazer o que quiserem, sem regras ou leis. Tudo parecia bom demais para aquelas pessoas, no entanto, uma atualização do sistema os comportamentos dos anfitriões começam a ficar duvidosos e uma possível consciência artificial vai testar os limites da tecnologia e criar alguns problemas para os responsáveis pelo parque.

 

Surpreendente

Em entrevista recente à Variety, Tessa Thompson, interprete de Charlotte, falou sobre a ideia de a série parecer se reinventar, como se fosse nova. “De uma maneira estranha, parece que essa é a estréia do programa novamente, porque entramos no mundo real e o programa continua fazendo a pergunta ‘o que significa ser humano’, mas está pedindo a um anfitrião para responder. Temos muitas pessoas que vieram se juntar ao nosso elenco, sangue fresco, então parece que o show está começando tudo de novo”, disse a atriz. Thompson acrescentou: “É um programa que surpreende não apenas o público, mas surpreende as pessoas que têm a sorte de trabalhar nele”.

Jonathan Nolan, co-criador da série, explicou: “O programa teve uma visão bastante fraca da humanidade nas duas primeiras temporadas. Agora, fazemos a pergunta: a humanidade está incorporada pelo que vimos no parque? Se Dolores, Maeve e o resto dos anfitriões só foram expostos apenas ao tipo de pessoa que iria para o Westworld, isso é realmente tudo o que a humanidade é feita?”.

“Estamos falando da ideia de que, apesar de todas essas tecnologias que nos destinam a nos aproximar mais, nos fazem sentir mais conectados a outras pessoas, você ainda pode se sentir mais sozinho como resultado. Acho que há algo realmente relacionável na solidão que seu personagem sente”, disse a co-criadora Lisa Joy. 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.