Escritor de Deadpool acredita que crossover entre personagens improváveis vai acontecer

Hugh Jackman em cena de Logan
Hugh Jackman em cena de Logan (Reprodução)

Um dos maiores desejos dos fãs é ver Deadpool num crossover com Wolverine. O mercenário falador cita direta ou indiretamente o personagem em todos os seus filmes, e agora como ambas as propriedades pertencem à Disney, surgiu uma pequena chance de isso acontecer, sobretudo com o encontro entre Hugh Jackman e Ryan Reynolds. 

Jackman deu adeus definitivo a seu personagem em Logan, quase na mesma época que Reynolds estava estreando na pele de Wade Wilson, e mesmo com a insistência do amigo, ele afirma que sua era vivendo o personagem já acabou. Agora, o criador de Deadpool, Rob Liefield, revelou ao site Comicbook.com que tem o mesmo desejo, e espera ver os personagens juntos na telona ainda. 

“Não gosto de especular sobre coisas que não podem ser possíveis, mas sou teimoso o suficiente para acreditar que, com o passar dos anos, à medida que nos distanciamos, que talvez daqui a dez anos, os veremos juntos. Embora Hugh e Ryan me tenham dito que ele está seguindo em frente, na minha cara, as mentes mudam. O tempo passa, as coisas mudam. Ainda estou mantendo o fato de que ainda existe essa oportunidade, e eles compartilharão a tela em algum momento agora que Ryan encontrou o Deadpool que todos pretendíamos que ele fosse”, explicou o autor sobre a Disney ser a proprietária da marca, e todos os produtos chegarem com a marca da Marvel Studios. 

Em 10 anos, Ryan terá 53 anos, e Jackson, 61. Será possível que eles ainda vão querer colocar os trajes desses personagens apenas para realizar um desejo dos fãs? O terceiro filme do Deadpool está sendo atualmente produzido, e já passa por um impasse relacionado à sua classificação indicativa. Enquanto pertencente à Fox, o longa do anti-herói sempre conseguiu classificação para maiores de 18 anos, algo que a Disney quer abolir para tentar conquistar um público mais amplo.