Espiral – O Legado de Jogos Mortais ganha pôster nacional

Samuel L. Jackson em Espiral – O Legado de Jogos Mortais (Imagem: Divulgação)

Espiral – O Legado de Jogos Mortais, reboot da franquia de terror de sucesso, ganhou um pôster nacional. Dirigido por Darren Lynn Bousman, que comandou Jogos Mortais II, III e IV, o filme é estrelado por Chris Rock e Samuel L. Jackson.

Confira:

Espiral – O Legado de Jogos Mortais (Imagem: Divulgação)

Escrita por Josh Stolberg e Peter Goldfinger, dupla responsável pelo roteiro de Jogos Mortais: Jigsaw (2017), a trama acompanha o novo assustador capítulo de Jogos Mortais. Na história, uma genial e sádica mente inicia uma perturbada forma de se fazer justiça. Uma série de terríveis e misteriosos assassinatos serão investigados pelo detetive Ezekiel “Zeke” Banks (Rock) e o seu parceiro novato Willem (Max Minghella). Sob o comando do veterano Marcus (Jackson), os policiais irão mergulhar num mistério com desdobramentos surpreendentes e mais perigosos do que imaginavam. Até Zeke acaba em meio ao sinistro jogo do assassino.

Além de estrelar, Chris Rock também escreveu o argumento e atua como produtor executivo do longa. Samuel L. Jackson, Max Minghella e Marisol Nichols completam o elenco.

Espiral – O Legado de Jogos Mortais estreia no dia 15 de maio nos Estados Unidos. Já no Brasil o lançamento acontece no dia 18 de junho.

Assista ao teaser:

 

Identidade

O novo filme do universo Jogos Mortais promete ser fiel à franquia original, pelo menos é o que garante Chris Rock. “Muitas vezes quando assisto um filme ou série de TV, penso, ‘Uau, talvez uma ou duas piadas teriam feito uma grande diferença nisso.’ Eu amo Jogos Mortais, mas é uma franquia que praticamente não teve humor. Parecia um bom lugar para explorar, com um terreno bem fértil”, disse o ator em entrevista ao IGN.

O temido vilão Jigsaw é conhecido por criar armadilhas perturbadoras e violentas na franquia de terror. Segundo Rock, o reboot tem tudo pra ser bem sangrento. “Já pude ver uma versão preliminar, e garanto que continua fiel aos Jogos Mortais originais. É sangrento, muito violento, e assustador. Desta vez, no entanto, consegui inserir um pouco de humor. Mas, não vamos reinventar nada. Não é Todo Mundo em Pânico. É Jogos Mortais”, afirmou.

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.