Estão fazendo campanha por remake de Star Wars: Os Últimos Jedi, e isso NUNCA VAI ROLAR!

Mas… foi tão ruim assim?

Mesmo com todo o seu sucesso comercial, Star Wars: Os Últimos Jedi é um filme que dividiu de forma definitiva os fãs da saga. Muita gente criticou de forma tão enfática as escolhas criativas feitas por Rian Johnson, que um grupo desses revoltados decidiram lançar uma petição para que o filme fosse removido do cânon oficial.

Como isso não vai acontecer, um plano B entrou em ação. A campanha “Remake The Last Jedi” busca refazer acontecimentos como Luke Skywalker como um mestre babaca e Leia com superpoderes, simplesmente refazendo o filme que estreou em dezembro de 2017.

A campanha é absurda. Para começar, um grupo de “fãs” completamente desconhecidos alegam fazer isso em favor da Disney para que os erros aplicados no filme sejam corrigidos, e garantem ter produtores que cobririam o orçamento do filme (ou seja, prontos para financiar US$ 200 milhões), e que já estão arrecadando dinheiro de qualquer pessoa ou fonte.

O mais incrível de tudo isso é que a campanha já arrecadou (de forma oficial) até o memento mais de US$ 40 mil através de um site web próprio, e não em plataformas reguladas como Kickstarter ou Indiegogo.

Sem falar que o grupo alega ter arrecadado de forma não oficial o valor de US$ 47 milhões. Algo ainda mais absurdo sem qualquer tipo de comprovação ou certificação.

 

 

Tudo isso chamou a atenção de muita gente sobre a seriedade do projeto, incluindo Chuck Wendig, autor de Star Wars Aftermath, e do ator Seth Rogen, que perguntou sobre como o grupo conseguiu investidores sem um roteiro, atores, diretor ou permissão legal para realizar o filme.

Até Rian Johnson, diretor de Os Últimos Jedi, usou de sarcasmo, “implorando” para que o filme se torne realidade. Algo que foi “respaldado” por Mark Hamill.

O site da campanha pode ser encontrado nesse link. E digo desde já: essa palhaçada tem 0% de chances de alcançar o seu real objetivo.

E para quem não gostou de Os Últimos Jedi, aceita logo que o filme é o que é, e é aquela história a oficial. Aceite o que temos. Aceita, que dói menos.

bostancı escort