Estrela de Dexter diz que não liga a mínima para reação negativa dos fãs sobre final da série

Yvonne Strahovski e Michael C. Hall em cena de Dexter (Divulgação/ Showtime)

Dexter foi uma das séries mais populares do canal Showtime e chegou ao fim em 2013 após uma criticada oitava temporada. A reação negativa dos fãs na época foi tão grande que muitos chegaram a pedir que o canal refizesse o último episódio, melhorando o rumo que o enredo tomou. Yvonne Strahovski, possivelmente a personagem menos querida do programa, em uma nova entrevista disse não se importar com o final.

A estrela de The Handmaid’s Tale conversou com o podcast Collider Ladis Night, e falou sobre a reação muito aquém do esperado: “Aprecio os dois lados. Eu tive uma ideia um pouco do por quê eles fizeram o que fizeram. Quero dizer, de memória, Deus, isso foi há muito tempo, mas era apenas uma questão de deixar Dexter não ter ninguém e isso era o tipo de prisão definitiva para ele não ter mais ninguém. E então eu recebo os fãs também. Entendo que talvez não tenha sido o final mais dramático que eles desejavam. Talvez eles quisessem ver mais sangue. Não é minha responsabilidade [risos], então realmente não me incomoda se as pessoas gostaram ou não. É apenas algo que eu fazia parte”, disparou ela.

Michael C. Hall interpretou Dexter Morgan, um analista de respingos de sangue do departamento de homicídios do Departamento de Polícia de Miami durante o dia e um serial killer sanguinário à noite. Todos os eventos que antecederam o final da série deixaram bastante claro para o público que Dexter não era um candidato provável a sair vivo no final. No último episódio Dexter planeja fugir para a Argentina com sua namorada Hannah (Strahovski) e seu filho Harrison. No entanto, depois que sua irmã morre de um derrame pós-cirúrgico, Dexter leva seu corpo para o mar durante um furacão e parece planejar morrer com ela. Hannah e Harrison chegam à Argentina sem Dexter, que supostamente morreu no furacão. No entanto, ele é visto trabalhando como lenhador no Oregon sob uma nova identidade.