Estrela de The Flash revela detalhe que a incomodava na série

Candice Patton durante o DC FanDome
Candice Patton durante o DC FanDome (Reprodução)

Candice Patton está em The Flash desde sua primeira temporada em 2014 como Iris, o interesse amoroso do herói. A personagem foi apresentada ao público como jornalista, ou como uma aspirante a jornalista investigativa que mantinha um blog por não se encaixar no modelo de mídia tradicional, e ver isso deixado de lado incomodou a atriz conforme ela contou durante o painel do show na DC FanDome, evento virtual que aconteceu neste sábado, 12 de setembro.

Questionado pelo apresentador do painel sobre as atividades profissionais da personagem que voltaram a fazer parte do enredo na sexta temporada, ela explicou: “Demorou muito para acontecer. Estamos provocando a Iris como jornalista desde a primeira temporada. E isso ficou bastante de lado. Então foi como um presente fazer isso novamente, e estar à frente desta personagem no arco da sexta temporada. É um elenco dominado por homens… Eu os adoro, mas ter mais mulheres ao estilo As Panteras como uma equipe de repórteres foi muito legal. Trouxe uma nova energia à série, e espero que continue assim na próxima temporada”.

Sobre as coisas que descobriu sobre a personagem na última temporada a atriz citou sua porção meio vilã: “Ela passou a conversar com Barry como Mirror-Iris (quando estava presa nos espelhos), mas acho que é bem claro o que Iris realmente sente. Ou seja, ela não pode ser sempre a vítima, que está lá para ser salva. Nem sempre ela precisa ser salva, ela precisa ir à luta, ter sua agência, fazer coisas. A Mirror-Iris sabia disso, mas a verdadeira Iris precisava ter sua vida e sua própria missão. Essa foi a fagulha inicial para que ela assumisse o controle de sua própria vida, e mesmo assim amar Barry e ainda querer esta relação. Ela só deixa claro ‘tenho que ter minha vida, tenho que perseguir vilões, fazer investigações. Você arrisca sua vida. Me deixe fazer isso com ou sem poderes’”, disse a atriz. A série The Flash só volta no ano que vem, mas seu showrunner revelou que ela abordará mais temas do mundo real como o racismo e a violência policial.