Estrela de The Walking Dead lamenta algo que nunca aconteceu com seu personagem

Rick (Andrew Lincoln) corta o pescoço de Negan (Jeffrey Dean Morgan) em The Walking Dead
Rick (Andrew Lincoln) corta o pescoço de Negan (Jeffrey Dean Morgan) em The Walking Dead

The Walking Dead, que está completando 10 anos de sua primeira temporada, consolidou seu sucesso com uma narrativa não apenas composta por zumbis que deixaram de ser o principal atrativo do programa, e sim com dramas humanos, explorando o que acontecia com cada personagem em cada local.

Com esse elenco números, e personagens que vão e que vem a todo momento, muitos atores que têm personagens já consagrados entre o público, nunca sequer tiveram uma cena juntos, é o caso de Jeffrey Dean Morgan, que interpreta o Negan, e de Lennie James, que viveu o Morgan desde os primeiros episódios.

No episódio mais recente de Friday Night in With the Morgans, programa que Jeffrey, ele explicou que sentiu falta dessa interação na tela com o colega, com o qual sempre teve vontade de atuar. “Eu sempre fui fã de The Walking Dead, antes de fazer parte deste mundo, eu era um grande fã. E eu era realmente um grande fã seu. Você era uma das pessoas que sempre se destacou para mim. Então, quando eu entrei no programa, estava ansioso para ter algumas cenas com você”, disse.

O personagem de James, depois de passar pela série principal foi movido para Fear The Walking Dead, que acontece em outra localidade, e em um tempo diferente. “Uma das coisas de que mais me arrependo do meu tempo de The Walking Dead, é que algumas pessoas se tornaram amigas, mas nunca conseguimos fazer nenhuma cena juntos. Você e Cudlitz estão no topo da minha lista com as quais estou estripado e nunca tive a chance de trabalhar”, rebateu.

“Isso nunca aconteceu. Cheguei lá e você foi embora, e é um dos meus maiores arrependimentos”, continuou Dean Morgan que entrou na série no final da sexta temporada. The Walking Dead voltará no ano que vem com seis novos episódios que completarão a décima temporada.