Estrela do filme Tenet conta ALGO que não entendeu sobre seu personagem

Kenneth Branagh (Divulgação)

Vem aí Tenet, filme dirigido por Christopher Nolan, e protagonizado por John David Washington e Robert Pattinson, mas parece que seu enredo é tão secreto, ou confuso, que nem mesmo os atores estão entendendo. Depois de Pattinson ter dito que mesmo tendo filmado, não sabia do que se tratava o longa, chegou a vez de outro ator falar sobre a enigmática produção.

Kenneth Branagh revelou à Total Film, que não tem certeza se é o vilão do filme depois de ter sido questionado sobre viver o antagonista. “Dada a natureza dele, de como Chris [Nolan] parece reinventar a roda até certo ponto, muitas pessoas começam a se envolver com o personagem de John David Washington de duas maneiras esperadas… então você pode esperar que meu personagem seja um antagonista… mas [a história] não segue exatamente o que a gente espera à medida que se desenrola”, disse ele.

“Não estou brincando! Li esse roteiro mais vezes do que qualquer outra coisa que eu já tenha trabalhado. Era como fazer as palavras cruzadas do [jornal] Times todos os dias, eu acho. Exceto que roteiro e o filme não esperam que você precise ou seja um especialista”, continuou ele.

Aparentemente o filme mostrará as ações dos personagens, e fará um jogo com o público que deve escolher para quem torcer. “Ao interpretá-lo, e nas cenas, ele continua subindo, ou avançando e retrocedendo em nossas expectativas sobre o que o personagem deveria ser”, disse Branagh. “Então, minhas conversas com [Nolan] sobre meu personagem foram constantes, porque a evolução do personagem não foi definida. Foi uma série de surpresas constantes”, completou o ator.

Tenet está programado para estrear nos cinemas americanos em 17 de julho, numa posição otimista, já que executivos do setor acreditam que a esta altura, o mundo já terá voltado ao normal pós pandemia causada pelo coronavírus. Mesmo sendo um risco colocar o filme nos cinemas nesta data, a Warner Bros., pretende manter a produção como um abre-alas para o restante dos filmes. Caso, ele seja um fiasco de público, possivelmente não haverá mais estreias até dezembro.