Estúdio Universal decide destino do filme que satirizava o uso de armas

The Hunt (Divulgação)

Ainda na última sexta-feira (09) havia sido informado que a Universal iria retirar de circulação todo o material promocional do seu novo filme, “The Hunt“, devido aos recentes atentados ocorridos nos Estados Unidos e que deixaram dezenas de mortos. Agora, o estúdio tomou uma decisão definitiva sobre o destino da produção.

Em comunicado oficial, a Universal revelou que o longa não será mais lançado nos cinemas no dia 27 de setembro, como estava previsto. “Mesmo que a Universal Pictures já tivesse pausado a campanha de marketing de The Hunt, depois de muita consideração, o estúdio decidiu cancelar os planos de lançar o filme. Apoiamos nossos diretores e continuaremos a distribuir filmes em parceria com visionários criativos e corajosos, assim como os envolvidos nessa sátira social, mas entendemos que agora não é o momento correto para lançar o filme“. Isso não quer dizer que o projeto nunca verá a luz do dia, apenas que isso não acontecerá tão cedo. O filme de terror e suspense mostra um grupo de 12 estranhos que acordam misteriosamente em meio à uma clareira na floresta e descobrem que estão sendo caçados por um grupo da elite americana.

Em conjunto

De acordo com a Variety, fontes ligadas ao projeto afirmam que a decisão foi tomada de forma unânime entre o estúdio e a equipe, que todos concordaram que seria a coisa certa a fazer, e que como já mencionado, os executivos da Universal falaram em “esperar” e não em colocar o filme na gaveta indefinidamente. The Hunt foi produzido pela Blumhouse, dirigido por Craig Zobel a partir do roteiro de Nick Cuse e Damon Lindelof, e conta com Betty Gilpin, Hilary Swank, Emma Roberts, Justin Hartley, Ike Barinholtz, Glenn Howerton, e Ethan Suplee.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort