Estúdios de Hollywood assinam plano com medidas de segurança para reabertura; Sabia tudo

Letreiro de Hollywood (Imagem: Reprodução)

O setor do entretenimento foi uma das áreas mais atingidas pela pandemia do coronavírus. Em Hollywood inúmeras produções estão suspensas, afetando toda a cadeia de produção, inclusive, as redes de cinema, que podem ter de aguardar até 2021 para conseguirem ter um faturamento igual ao do ano de 2019. 

Porém, em outro aspecto, o covid-19 alterou a indústria do audiovisual: as relações de trabalho. Diversos estúdios como HBO, Netflix, Disney e Warner, ao lado de Sindicatos dos trabalhadores da indústria de entretenimento, chegaram a um acordo que define uma série de novas regras e procedimentos para evitar a propagação de coronavírus.

Entre as novas medidas, definidas em um documento de 22 páginas, estão desde recomendações genéricas e universais sobre higiene até sugestões mais especificas como a higienização de perucas e itens de vestimenta e a redução de roteiros de papel.

“Sempre que possível, o uso de papel deve ser minimizado. Alternativas como scripts eletrônicos devem ser exploradas”, afirma o texto do documento. A nova ordem também se estende para o uso de papel em listas, relatórios de produção e folhas de ponto também devem ser substituídos.

O plano foi enviado para governadores de Nova York, Andrew Cuomo e da Califórnia, Gavin Newsom, estados nos quais são gravadas a maioria das atrações. A decisão dos governos ainda não tem previsão para divulgação.

As perucas, que deverão ser manuseadas o mínimo possível, agora exigem limpeza à mão, além de passarem a ser de uso exclusivo de um único ator ou atriz. Os atores também irão trabalhar mais remotamente; seleções de casting e reuniões serão encorajadas a ocorrerem por chamada de vídeo.

Amazon, Apple, CBS, Columbia, Disney, Fox, HBO, NBCUniversal, Netflix, Paramount, Sony e Warner Bros. Entertainment, assinaram o plano. No documento, os estúdios se comprometem a voltar ao trabalho apenas com aval das autoridades.

Com informações do Notícias da TV.