Evan Rachel Wood cogitou fazer um golpe para se preparar para Kajillionaire

Richard Jenkins, Gina Rodriguez e Evan Rachel Wood em Kajillionaire (Imagem: Divulgação)

Lançado nos Estados Unidos nesta sexta-feira, 25, o elogiado Kajillionaire traz Evan Rachel Wood (Westworld) no papel de uma vigarista. Na comédia dramática de Miranda July (Eu, Você e Todos Nós), a atriz dá vida à Old Dolio, uma jovem que foi treinada por seus pais, Theresa (Debra Winger) e Robert (Richard Jenkins), para ajudá-los em seus crimes. Em conversa com o Collider, a protagonista revelou que por um momento pensou em realmente aplicar um golpe para se preparar para o papel.

Na entrevista, a atriz compartilhou como desenvolveu as habilidades da sua personagem e ainda contou que ela e a diretora chegaram a brincar sobre um possível golpe real. “Nós conversamos sobre talvez fazer alguns fraudes reais antes de filmar, mas não tivemos a chance” revelou. “Mas eu, Richard e Debra ensaiamos muito com Miranda, e ela iria coreografar coisas para nós fazermos, ela nos faria trocar de roupa no meio da cena, ela nos faria roubar relógios e ela nos faria fazer fraudes estranhas coreografadas para ensaiar para que pudéssemos entrar nisso”.

Questionada se havia adquirido algumas habilidades com o filme, Wood respondeu: “Não. Aqui está a coisa; os Dynes não são bons vigaristas e, portanto, não sei se realmente adquirimos alguma habilidade útil. E também sou uma péssima mentirosa. Você sabe, um bom ator é muito diferente de um mentiroso. São duas coisas diferentes”.

Escrito e dirigido por Miranda July, o longa acompanha a história de Old Dolio, jovem criada por seus pais golpistas para ajudá-los em seus golpes e crimes. Depois que o trio conhece Melanie (Gina Rodriguez), Theresa e Robert decidem chamá-la para fazer parte de um grande assalto. No entanto, a adição de uma quarta pessoa causa muitas confusões e os planos começam a dar muito errado, tirando a vida de Old Dolio do seu controle.

Assista ao trailer:

 

Críticas

Lançado em cinemas selecionados dos EUA nesta sexta-feira, 25 de setembro, o filme de comédia e drama recebeu muitos elogios. No Rotten Tomatoes, por exemplo, o longa conta com uma provação de 90%, com base em 80 avaliações. O consenso afirma: “Se você vê Kajillionaire como revigorantemente único ou simplesmente bizarro, vai depender de sua aventura cinematográfica – e os fãs da diretora e roteirista Miranda July não aceitariam de outra forma”.

Confira algumas críticas:

“Desde seu trabalho de apresentação baseado em cartas ‘Joanie 4 Jackie’, July explorou a moeda emocional da comunicação, e esses temas permanecem potentes aqui.” – Eric Kohn, indieWire.

“É uma delícia ter July de volta atrás da câmera, especialmente com um projeto tão terno e engraçado como este.” – Hannah Woodhead, Little White Lies.

“‘Kajillionaire’ é um filme ferozmente perspicaz sobre pais e filhos, sobre famílias e seus laços, sobre a unidade familiar e seu lugar no mundo.” – Richard Brody, New Yorker.

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.