Evanna Lynch se posiciona sobre polêmica envolvendo escritora J. K. Rowling

Evanna Lynch (Foto: Divulgação)
Evann aLynch (Foto: Divulgação)

Nesta semana, a escritora mundialmente famosa J. K Rowling, que escreveu os livros da famosa franquia Harry Potter, foi ao Twitter manifestar sua opinião sobre transexualidade, onde compartilhou uma matéria intitulada “Criando um mundo mais igualitário pós-Covid-19 para pessoas que menstruam”. Rowling ironizou o termo “pessoas que menstruam” e ao explicar seu ponto de vista, seus comentários foram tidos como transfóbicos.

Fãs e a comunidade LGBT+ pronunciaram sobre o caso, inclusive atores que fizem parte da saga de filmes do menino bruxo, como Daniel Radcliffe, Emma Watson, Eddie Redmayne. Evanna Lynch, conhecida por interpretar Luna Lovegood, deu uma longa resposta sobre o caso de J. K. Rowling, onde deu seu apoio às pessoas trans, mas também defendeu a escritora, onde pediu para que não diminuíssem ela a seus tuítes.

Na publicação,feita na terça feria (9), Evanna Lynch escreveu: “Eu queria ficar de fora dos comentários dos tuítes de JKR, porque parece impossível abordar esse assunto no Twitter, mas estou muito triste ao ver pessoas trans se sentindo abandonadas pela comunidade HP, então aqui estão meus pensamentos”.

“Imagino que ser trans e aprender a aceitar e amar a si mesmo já é bastante desafiador, e nós, como sociedade, não devemos aumentar essa dor. Sentir que você não se encaixa ou não é aceito por ser você é o pior e mais solitário sentimento que um ser humano pode experimentar, e eu não ajudarei a marginalizar ainda mais mulheres e homens trans”, acrescentou.

E continuou: “Pessoalmente, não acho que o Twitter seja o lugar certo para ter essa conversa muito complexa e deveríamos estar lendo artigos e memórias, ouvindo podcasts e tendo conversas longas”. A atriz ainda lembrou que estamos no mês que celebra o Orgulho LGBTQ+, e por isso pessoas trans deveriam se aplaudidas por sua bravura e ouvidas a respeito de suas dificuldades.

Evanna Lynch ainda escreveu: “Eu acho irresponsável discutir um assunto tão delicado no Twitter através de pensamentos fragmentados e eu gostaria que Jo não o fizesse. Não concordo com a opinião dela de que mulheres cis são a minoria mais vulnerável nessa situação e acho que ela está do lado errado desse debate. Mas isso não significa que ela tenha perdido completamente a humanidade”.

“Sinto muito por todas as pessoas trans que sentem que foram ignoradas, ou que essa comunidade não é mais aquele lugar seguro. O mundo/fandom/comunidade de Harry Potter é literalmente composto por milhões de pessoas agora e eu trabalhei para fazê-lo parecer inclusivo, porque mulheres trans são mulheres”, finalizou.

Ainda sem um motivo explicado, até o momento, a conta de Evanna Lynch no Twitter encontra-se desativada.