“Evil”, drama sobrenatural da CBS, entra para o catálogo do [descubra]

Evil acaba de ganhar uma segunda temporada na CBS (Reprodução)
Evil (Imagem: Reprodução)

A nova série de drama sobrenatural e suspense da CBS, “Evil“, estreou no dia 26 de setembro nos Estados Unidos. E no último dia 22 de outubro a emissora já anunciou que a produção foi renovada para uma segunda temporada. Mas a grande novidade é que ela será exibida no Globoplay. A plataforma de streaming fechou um acordo com a CBS, e passará a transmitir a série a partir deste mês, como conta o Deadline.

Criada por Michelle e Robert King, a trama acompanha a Dra. Kristen Bouchard (Herbers), uma psicóloga forense, que se use a David Acosta (Colter), um ex-jornalista que é aprendiz de padre, para investir numa série de mistérios sobrenaturais.

A série é estrelada por Katja Herbers (Westworld), Mike Colter (Luke Cage) e Aasif Mandvi (Blue Bloods). O elenco ainda conta com Kurt Fuller, Marti Matulis, Brooklyn Shuck, Skylar Gray, Maddy Crocco, Dalya Knapp, Christine Lahti, Michael Emerson e Patrick Brammall.

Assista ao trailer legendado:

Para se ter uma ideia de como está sendo a recepção da série “Evil”, no Rotten Tomatoes, por exemplo, a primeira temporada da produção conta com boas críticas e uma aprovação de 88%, com base em 32 avaliações. De acordo com o consenso a trama é inteligente e inquietante.

Algumas das críticas:

“Esse senso de mistério, bem como alguns mistérios na vida pessoal dos personagens, são razões persuasivas para continuar assistindo”, fala Jen Chaney, do New York Magazine / Vulture.

“‘Evil’ não tem medo de ficar horrível, mas os reis estão sempre atentos à reviravolta atual, a saber, que o verdadeiro mal prospera nas salas de bate-papo online. Como um personagem observa, o pior de nós agora está conectado um ao outro”, reflete Hank Stuever, do Washington Post.

“‘Evil’ já é bem-sucedido, no entanto, como um procedimento incansavelmente inteligente de mesclagem, mesclando o mistério médico psicológico com o techno-crime e a luta espiritual. Sua paranoia é abrangente e muito sombria”, diz Darren Franlch, da Entertainment Weekly.

“Os ingredientes existentes funcionam bem, e o fato de que a série pode ser qualquer coisa que avança, cria um ar incrível de promessa”, anuncia Matt Fowler, do IGN Movies.

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

ankara escort