Ex-estrela de The Flash explica motivo de não querer que seu personagem volte à série

Robbie Amell em The Flash (Divulgação/ The CW)

Robbie Amell viveu Ronnie Raymond na primeira temporada de The Flash. Ele era o noivo desaparecido de Caitlin, que acabou sendo afetado pelo acelerador de partículas que criou vários meta-humanos, o mesmo que inclusive, deu os poderes de aceleração ao velocistas escarlate. Ele acabou morrendo na primeira temporada, e retornando posteriormente devido a uma fenda no espaço-tempo aberta pelo protagonista.

A última vez que Amell apareceu no programa foi na terceira temporada (atualmente a série está na sexta), mas ele já revelou que não descarta a possibilidade de voltar a aparecer caso seja novamente convidado. Mas o ator acredita que o grande desafio de voltar a circular pelos episódios do Arrowverse de forma fixa é que qualquer ator que retorna, acaba tirando o foco e o tempo de tela do elenco principal, que já costuma ser grande.

“Eu sempre irei voltar a The Flash. Mas isso é um pouco mais difícil, porque não é justo não estar lá, e de repente entrar e do nada ser o personagem principal. Por isso, é divertido poder entrar e participar, mas eles têm tantos personagens bons que valem a pena terem mais tempo, que você nunca quer ser o cara que está entrando e roubando qualquer coisa”, disparou ele em entrevista ao ComicBook.com.

O ator acredita que se Ronnie voltasse, provavelmente seria um Ronnie de outra terra, e muito teria que ser explicado sobre ele, sua origem, e os atores fixos acabariam perdendo espaço. Ao lado de seu primo, o ator Stephen Amell, que interpretou o arqueiro verde Oliver Queen, em Arrow, Robbie, estrelou o longa Code 8 – Renegados, da Netflix.

O longa que se tornou sucesso imediato conta a história de um universo em que 4% da população conta com poderes diversos, e Connor, um jovem de 26 anos com problemas financeiros, e uma mãe doente, resolve usar suas habilidades sobrenaturais para cometer crimes, e assim livrar a família das dívidas.

bostancı escort