Executivo da Warner fala sobre a baixa arrecadação de Tenet nos Estados Unidos

John David Washington em Tenet (Imagem: Entertainment Weekly)

Tenet, longa épico que mostra o misterioso mundo da espionagem internacional, está prestes a completar quatro semanas em cartaz nos cinemas dos Estados Unidos. O filme vem sofrendo muito com esvaziamento dos cinemas do país, que mesmo com autorização de funcionamento, estão com grandes restrições e um baixíssimo público.

A produção da Warner não chegou ainda nem aos US$ 40 milhões de dólares em bilheteria no país, o que faz com que o estúdio se preocupe com a baixíssima arrecadação. Mas o fato não é tão preocupante, e  Andrew Cripps, chefe de distribuição internacional da Warner Bros., afirmou que os números são o reflexo da luta dos Estados Unidos contra a pandemia do novo coronavírus.

Lançamos Tenet em 54 países diferentes e cada mercado avançou de forma diferente ao lidar com o vírus”, comentou Cripps durante o TheGrill 2020, evento organizado pelo site The Wrap.

O executivo ainda ressaltou, “Nas palavras do nosso presidente Toby Emmerich[Tenet] tem uma estreia de 30 dias, não de três”, relatou Andrew Cripps, falando em relação ao final de semana que o filme esteve em cartaz.

Andrew Cripps falou também sobre números globais. “É importante notar que atingimos US$ 250 milhões ao redor do mundo no domingo. Quando fazemos as contas, isso chega a quase 30 milhões de pessoas indo ver o filme nos cinemas, o que é considerável quando olhamos para a situação atual”.

Um fato importante que devemos levar em consideração, é que grandes centros urbanos como Nova York e Los Angeles, ainda estão com todas as suas salas de cinema fechadas.

Tenet  conta a história de uma organização que tem a capacidade de inverter o fluxo do tempo, e usa esse grande poder para salvar pessoas de situações de perigo. A grande estrela do longa é o ator John David Washington, mas o elenco conta ainda com Robert Pattinson, Elizabeth DebickiAaron Taylor-Johnson e Clémence PoésyA previsão é que o filme estreie no Brasil no dia 15 de outubro.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.