Famoso golpe de LaRusso em Karate Kid foi mesmo ilegal?

Cena de Karate Kid (Reprodução)
Cena de Karate Kid (Reprodução)

Filmes tem o que podemos dizer de “uma liberdade poética”, onde o que acontece na vida real não se aplica aos acontecimentos do longa metragem, o que muitas vezes é exigido dos expectadores um bom nível de abstração. Contudo, é quase impossível não comparar certos acontecimentos de um filme com as regras da vida real e um dos casos foi o chute da vitória de Daniel LaRusso em  Johnny Lawrence na luta final de Karate Kid.

A série Cobra Kai segue a vida de Johnny Lawrence (William Zabka) 30 anos após ele perder sua luta para Daniel LaRusso (Ralph Macchio), onde mesmo ainda após anos ainda não superou a derrota e reforça constatemente que seu oponente venceu com um golpe ilegal. Mas será mesmo que o famoso “golpe guindaste” ensinado por Miyage (Pat Morita) foi mesmo ilegal? O site Screen Rant fez uma analise sobre isso.

A vitória pertenceu mesmo a LaRusso?

De acordo com o Screen Rant, o “chute guindaste” em Karate Kid foi um movimento ilegal por duas razões principais. O primeiro é sobre se Daniel trapaceou em Karate Kid por ter acertado Johnny no rosto. O árbitro no filme lista os golpes no rosto como não permitidos; embora isso não signifique que Daniel deveria ter sido desqualificado, significa que ele não deveria ter recebido um ponto pelo golpe (o que ele foi). Com base nas regras publicadas pela Federação Nacional de Karatê-do dos EUA, parece que o movimento foi ilegal – mas não porque Johnny foi atingido no rosto. Golpes no rosto e chutes frontais são permitidos de acordo com essas regras, desde que o golpe não seja com a palma da mão aberta.

Além do “chute guindaste” de Daniel ser um movimento fictício, também foi um golpe de extensão total que atordoou seu oponente, e o objeto de um torneio de caratê não é machucar o oponente como o UFC. De acordo com as regras oficiais do USA-NKF, Daniel deveria ter recebido uma advertência ou mesmo uma penalidade.

Mas há outras coisas a pontuar, como golpear em articulações, como Johnny fez acertando diversas vezes o joelho de Daniel, também são ilegais, o que resultaria em advertências para o aluno do Cobra Kai. O que nos leva a segunda razão de LaRusso não poder ter ganho o torneio: ele não poderia lutar machucado da maneira que estava. O pupilo de Miyagi não poderia retornar para a luta sem passar por uma avaliação médica, e também foi algo deveria ter sido percebido pelo arbitro e os juízes.

O que se pode concluir é que apesar de que mesmo no filme alguns golpes são proibidos, dado o quão antidesportivo a conduta do Johnny foi, é completamente crível que os juízes e árbitros ignorassem a violação de Daniel e entregassem o troféu ao competidor mais merecedor.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.