Ben Affleck e Gal Gadot em Liga da Justiça (Reprodução)
ANÚNCIO

Bastou Matt Reeves, diretor do novo filme do Batman divulgar um vídeo de alguns segundos mostrando o novo traje do personagem que os usuários das redes sociais colocaram novamente em pauta um assunto antigo: O Snyder Cut. Para quem não sabe, o Snyder Cut (que muita gente jura nem existir) é a versão do diretor Zack Snyder para o filme Liga da Justiça.

Depois de Batman Vs. Superman: O Despertar da Justiça, o profissional estava trabalhando na continuação que tinha como propósito unir os heróis na criação da Liga, porém a Warner Bros, estúdio responsável pelo longa não estava satisfeita com os resultados, e fez um trabalho às pressas para que outro diretor assumisse, assim como outra equipe de roteiro. Com isso, quando o filme estreou em 2017, foi como um balde de água fria nos fãs, que começaram a pedir incessantemente a versão de Snyder.

O próprio claro, adorou todo o burburinho e começou a soltar pistas de como seria sua história, e até imagens de bastidores antes das refilmagens. Ele conseguiu inclusive o apoio do elenco, que também começou a fazer pressão online para a liberação do Snyder Cut. Agora, em 2020, perto do lançamento do HBO Max, plataforma comandada pela Warner, os fãs começaram uma nova mobilização para pedir que a versão do diretor para Liga da Justiça esteja presente no catálogo da nova plataforma de streaming.

Bastou a HBO Max começar a alimentar sua página no Instagram para que milhares de mensagens surgissem com este mesmo intuito. O pandemônio foi tamanho que o site Comicbook.com criou até um vídeo para ilustrar a quão caótica era a situação do perfil com inúmeros pedidos. Existe entre os fãs uma corrente que acredita que mesmo que a versão de Snyder seja liberada, ela não será muito melhor que a oficial, pois segundo estes mesmos fãs, o diretor não entendeu a representação do Batman no longa, ao mesmo tempo que retratou fielmente o Superman dos quadrinhos.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui