Festival Eurovision da Canção: Will Ferrell e Rachel McAdams em novas imagens; Veja!

Festival Eurovision da Canção (Imagem: Divulgação/ Netflix)

A nova comédia musical da Netflix, Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars, teve novas imagens divulgadas. Estrelado por Will Ferrell (O Âncora) e Rachel McAdams (Meninas Malvadas), o filme tem estreia marcada para o dia 26 de junho na plataforma de streaming.

Confira:

Rachel McAdams estrela Festival Eurovision da Canção (Imagem: Divulgação/ Netflix)
Festival Eurovision da Canção (Imagem: Divulgação/ Netflix/ Total Film)

Dirigido por David Dobkin (Penetras Bons de Bico), com base no roteiro de Ferrell e Andrew Steele (Saturday Night Live), o longa acompanha a história dos cantores islandeses Lars Erickssong (Ferrell) e Sigrit Ericksdottir (McAdams), que têm a oportunidade de representar seu país numa das maiores competições de música do mundo, o “Eurovision Song Contest”, provando que vale a pena lutar pelos sonhos.

Dan Stevens, Pierce Brosnan, Graham Norton, Demi Lovato, Ólafur Darri Ólafsson, Björn Hlynur Haraldsson, Nína Dögg Filippusdóttir, Jóhannes Haukur Jóhannesson, Jamie Demetriou, Tómas Lemarquis e Natasia Demetriou completam o elenco.

Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars fica disponível no dia 26 de junho na Netflix.

Assista ao clipe:

 

O Eurovision Song Contest é um concurso de música, que acontece na Europa desde 1956, com participantes de diversos países. “Bem, é meio que uma história engraçada”, disse Will Ferrell à Total Film, explicando sobre como conheceu o festival. “Minha esposa tem família na Suécia. Nossa primeira viagem lá teria sido na primavera de 99, e estávamos no campo em sua pequena cabana de verão, e seu primo disse: ‘Então , devemos sentar e assistir ao Eurovision? Eu estava tipo, ‘Sim, eu acho. O que é isso?'”.

O ator e roteirista acrescentou: “Eu assisti hipnotizado pelas três horas inteiras. Ironicamente, naquele ano um sueco venceu: Charlotte Nilsson. Fiquei impressionado com o espetáculo, o acampamento. Tudo o que vocês [no Reino Unido] estão acostumados, não tínhamos qualquer coisa assim, na América. Eu literalmente disse: ‘Isso daria um ótimo filme'”.