Filme de Chad Bosewick, 42 – A História de uma Lenda é relançado nos cinemas americanos

42 - A História de uma Lenda
42 – A História de uma Lenda (Divulgação)

Antes de se transformar em Pantera Negra e ficar conhecido mundialmente, Chadwick Bosewick estrelou o filme 42 – A História de uma Lenda, longa de 2013, que será relançado nos cinemas americanos como forma de homenagem ao ator falecido na última sexta-feira, 28 de agosto, em decorrência de um câncer de cólon contra o qual ele vinha lutando desde 2016.

O filme conta a história real do jogado de beisebol Jackie Robinson, considerado uma lenda entre os moradores dos Estados Unidos, que rompeu a barreira racial que existia na época se transformando numa primeiro homem negro a jogar na Liga Principal de Beisebol, quando estreou na primeira base do Brooklyn Dodgers em 15 de abril de 1947. O filme recebeu elogios da crítica, além de conquistar o público, recebendo uma rara nota A+ do site CinemaScore. O filme também foi um sucesso de bilheteria, arrecadando quase 100 milhões de dólares globalmente com um orçamento 42 milhões.

42 – A História de Uma Lenda será relançado pela Warner Bros. e Legendary em mais de 740 salas de cinemas, em localidades onde a reabertura já foi permitida pelas autoridades, com ingressos ao preço de 5 dólares conforme informado pela revista Variety.

Na última segunda-feira, 31 de agosto, o ator Harrison Ford, que esteve ao lado de Boseman no filme escreveu um comunicado em homenagem a ele. “Chadwick Boseman era tão atraente, poderoso e verdadeiro quanto os personagens que escolheu para interpretar”, disse Ford. “Sua inteligência, dignidade pessoal e profundo comprometimento inspiraram seus colegas e elevaram as histórias que ele contou. Ele é um herói tanto quanto qualquer outro que interpretou. Ele é amado e fará muita falta.”

A Fundação Jackie Robinson também prestou homenagem a Boseman após a notícia de seu falecimento. “É com tremenda tristeza que a Jackie Robinson Foundation lamenta a perda do ator, roteirista e filantropo Chadwick Boseman. Estrela do fenômeno global Pantera Negra, Chadwick compartilhou sua paixão pelas artes com públicos de todo o mundo. Tendo canalizado o departamento e a diversidade de nosso amado Jackie Robinson no filme 42 – A História de Uma Lenda. Chadwick era um amigo querido da Fundação – emprestando seu tempo e visibilidade para ajudar a avançar em nossa missão “, diz a declaração.

“Preparando-se para seu papel principal em 42, ele estudou extensivamente e passou um tempo considerável com Rachel Robinson”, continua a declaração. “Um profissional consumado, ele absorveu cada história, cada memória e cada foto e trecho de filme que poderia consumir para ajudar a traduzir a alma de um herói americano. E agora, Chadwick será gravado na história como um herói em seu direito desgastado, especialmente por ter mostrado a milhões de crianças negras e pardas o poder de um super-herói que se parece com elas. Chadwick – que você descanse eternamente. Tome seu lugar entre os grandes. Você mereceu”, diz o comunicado.

ankara escort