Filme estrelado por Russell Crowe será o primeiro a ser exibido em reabertura dos cinemas americanos

Russel Crowe
Russel Crowe (Foto: Reprodução)

Se tem uma coisa que os estúdios não querem é deixar de lucrar, e por isso já estão pensando na retomada das atividades. Se ainda não é possível continuar produzindo conteúdo, a ideia agora é fazer com que o público tenha acesso aos filmes já finalizados o mais rápido possível, mas não pelo streaming, e sim através das salas de cinemas.

Com isso, um filme protagonizado por Russell Crowe deve ser o primeiro a ganhar as telonas, quando os cinemas reabrirem nos Estados Unidos. Quem garante isso é a Solstice, uma distribuidora independente de filmes que atua no país, e acabou de programar o lançamento do longa Unhinged para o dia 01 de julho.

Em entrevista à revista Variety, o produtor Mark Gill conta que acredita que possivelmente a esta altura a pandemia já será um fato superado e que o isolamento já terá acabado, gerando então uma demanda reprimida de público para encher as salas de cinemas: “Se há lugares onde a densidade é um fator e os cinemas ainda não estarão abertos, tudo bem”, disse ele.

“Pode ser que os cinemas estejam fechados na cidade de Nova York ou Chicago ou São Francisco, mas em cidades e subúrbios menos populosos estarão abertos e esperamos que haja muita demanda reprimida”, continuou ele com um discurso que vai de encontro ao que os principais especialistas de saúde dizem, que quando o isolamento obrigatório terminar, haverá uma espécie de enchimento gradual dos espaços, pois muitas pessoas ainda estarão com medo.

“As coisas estão caminhando na direção da reabertura. Pode ser acidentado às vezes, mas a maioria das pessoas está tomando medidas para isso com segurança”, acrescentou Gill, que destaca que a empresa pretende cooperar com as redes de cinema sem desrespeitar as normas de saúde impostas em cada região. Antes de Unhinged, o primeiro filme programado para entrar em cartaz era Tenet, mas a Warner Bros., não confirmou se manterá sua data.