Filme sobre caso Richthofen é criticado na TV, com sugestão de protesto

Filmes sobre caso Suzane von Richthofen
Carla Diaz em filmes sobre caso Suzane von Richthofen (Imagem: Divulgação/Galeria Distribuidora)

O filme A Menina Que Matou os Pais, baseado no caso Richthofen, está dando o que falar. A produção, que conta com a atriz Carla Diaz no elenco, foi criticada na TV aberta, com sugestão de protesto. Durante o programa Fofocalizando, do SBT, a apresentadora Mara Maravilha disse que ninguém deveria ir assistir ao filme e o público deveria esperar o longa ser disponibilizado na internet para assistir, como forma de protesto.

Em conversa junto com os colegas de palco Leão Lobo, que também se mostrou contra o filme, Gabriel Cartolano e ainda Lívia Andrade, a apresentadora Mara Maravilha destacou o que entendeu como forma de protesto: “Eu acho que ninguém tinha que ir ver esse filme, não. Não tem que ir ao cinema. Espera sair na internet e assiste. Acho que é uma forma de protestar”.

Anteriormente pensado como um único filme, chamado A Menina que Matou os Pais, o assassinato será abordado, na verdade, sob dois pontos de vista, trazendo também o longa O Menino Que Matou Meus Pais. Os filmes possuem direção a cargo do cineasta Mauricio Eça e chegam em breve aos cinemas brasileiros, no dia 2 de abril, e estarão em cartaz nas mesmas salas, mas indo ao ar em sessões alternadas.

Adaptação de uma história real, a produção inicial (que deu origem a dois filmes, em seguida) foi feita a partir dos autos do processo, com destaque para os depoimentos dos envolvidos, conforme informaram as companhias produtoras do filme, a Galeria Distribuidora e a Santa Rita Filmes. As empresas destacaram ainda que nenhum dos retratados receberá algum tipo de pagamento.

Além disso, segundo as companhias, fica a cargo do público a interpretação dos fatos narrados e das versões apresentadas. As informações também dão conta de que os longas contaram apenas com investimento privado, sem verba pública. Além disso, os três condenados pelo crime não fizeram parte da produção em nenhum momento e não tiveram contato com elenco, produtor, diretor ou a equipe em geral.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.