James Dean em “Juventude Transviada” (Imagem: Reprodução)

O jovem James Dean tinha muito potencial para se tornar um dos grandes atores de sua geração. Infelizmente o ator sofreu um acidente aos 24 anos e faleceu, deixando sua história marcada. Uma notícia recente sobre o ator, famoso principalmente por seu papel como o adolescente problemático Jim Stark em “Juventude Transviada” (1955), deixou muitas pessoas surpresas. Acontece que sua família autorizou a participação póstuma do ator em “Finding Jack”, filme adaptado por Mari Sova do romance de Gareth Crocker, com direção de Anton Ernst e Tati Golykh.

A surpreendente notícia, de que usariam a imagem do ator em CGI, gerou, claro, inúmeras reações e críticas. Uma delas foi do intérprete do Capitão América no MCU, o ator Chris Evans. No Twitter, o astro expressou seu descontentamento com a novidade. Se o projeto dor pra frente, James Dean vai estrelar num papel secundário um drama de ação 64 anos após a sua morte.

“Tenho certeza que ele ficaria emocionado. Isso é terrível. Talvez nós possamos arranjar um computador para pintar um novo Picasso. Ou compor canções de John Lennon. A total falta de entendimento aqui é vergonhosa”, escreveu o ator.

Zelda Williams, filha do ator Robin Williams, que faleceu em 2014, também comentou no Twitter. Vale destacar que Williams restringiu o uso de sua imagem após a sua morte por 25 anos.”Conversei com amigos sobre isso por anos e ninguém nunca acreditou em mim que o setor se diminuiria a tão baixo assim que a tecnologia melhorasse. Publicidade enganosa ou não, isso é vender os mortos apenas por sua influência e cria um precedente tão terrível para o futuro da atuação”, escreveu a filha do ator de “Sociedade dos Poetas Mortos”.

O ator Elijah Wood, famoso pela saga de “O Senhor dos Anéis”, foi mais um a responder a recente e surpreendente novidade. “Não. Isso não deveria acontecer”, escreveu.

 

James Jean é conhecido por seus trabalhos em “Juventude Transviada” (1955), “Vidas Amargas” (1955) e “Assim Caminha a Humanidade” (1956). Ele foi o primeiro ator a receber duas indicações póstumas no Oscar. Ele faleceu em 1955 num acidente de carro quando tinha apenas 24 anos.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui