Fora da Netflix, especial de natal do Porta dos Fundos já tem lugar para ser exibido; Saiba onde

Porta dos Fundos (Imagem: Divulgação)

Após toda a repercussão no ano passado, o Porta dos Fundos prepara para gravar o especial de natal do grupo este ano. Os trabalhos este ano estão marcados para serem iniciados já na próxima segunda-feira (07), feriado do dia da independência.

Segundo a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a produção este ano vai contar com participações especiais de Marcos Palmeira, Hélio de la Peña e o Choque de Cultura. Fábio Porchat, Gregório Duvivier, João Vicente de Castro e Antonio Tabet farão parte do elenco principal, assim como os demais integrantes do grupo.

Diferente dos anos anteriores, desta vez, o especial de fim de ano do “Porta” não será exibido pela Netflix. O episódio será disponibilizado no próprio canal do YouTube, que tem 16 milhões de inscritos.

Após muitas negociações, o grupo conseguiu com a Netflix, que os especiais de 2018 e 2019, este que chegou a ganhar um Emmy, também possam ficar disponíveis no YouTube. 

A mudança acontece depois da repercussão do especial do ano passado, por retratar Jesus como gay. Intitulado A Primeira Tentação de Cristo, o episódio acompanha Jesus, interpretado por Gregório Duvivier, voltando para casa no dia do seu aniversário de 30 anos. 

O retorno acontece após o período que passou 40 dias vagando pelo deserto. Ele retorna com Orlando (Fábio Porchat), que insinua ter vivido um relacionamento amoroso durante o período que esteve fora.

Lideranças religiosas promoveram protestos e boicotes contra o grupo de humor. Alguns grupos cristãos chegaram a criar um abaixo-assinado para que a plataforma de streaming retirasse a produção do catálogo.

O caso chegou a justiça do Rio de Janeiro, que determinou a retirada da atração da Netflix. Decisão foi revogada no STF. Na véspera de natal, um grupo de homens atacaram a sede da produtora de vídeos, localizada no Rio de Janeiro, com coquetel molotov. As investigações da polícia apontaram o nome de Eduardo Fauzi, como mandante e autor do crime, que está foragido na Rússia.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.