Chandler Riggs
Chandler Riggs como Carl em The Walking Dead (Imagem: DIvulgação)
ANÚNCIO

Longe de The Walking Dead há algumas temporadas desde que seu personagem, Carl, foi morto após ser atacado por um zumi, o ator Chandler Riggs falou em recente entrevista sobre a série que o projetou na televisão, dizendo que acreditava que seu personagem sobreviveria a tudo já que nos quadrinhos, ele chega até o fim contando sua própria história para a filha. Mas na TV, foi diferente, e o rapaz saiu do programa na oitavada temporada.

Atualmente na série A Million Little Things, ele contou que adoraria trabalhar com Cailey Fleming, atriz de 12 anos que interpreta a irmã mais nova de Carl, Judith. Ela passou a integrar o elenco da nona temporada, depois que ele Riggs já havia saído da atração. “Teria sido realmente interessante ver esse tipo de situação, e o papel que Judith desempenharia, já que no programa ela assumiu a história que começou entre Carl e Negan, mas com uma outra pegada. Eu acredito que eles iriam se unir após a saída de Rick, e Michonne seria aquela pessoa que os criaria como pai. Teria sido legal ver isso, com certeza”, disse o ator que gostaria de poder ver os dois irmãos juntos.

Nos quadrinhos, Judith morre ainda com um mês de vida, junto com sua mãe, Lori, e Carl era quem escapava para conversar com Negan, que era mantido preso. Na história do programa de TV, Carl está morto há quase oito anos, mas Riggs garante que gostaria de ver o personagem mais velho, ajudando a criar os dois irmãos caçulas.  “Eu amo a Cailey, a garota que interpreta Judith. Ela é tão doce… Eu adoraria ter trabalhado com ela. É uma atriz incrível, e é incrível vê-la desempenhar aquele papel”.

Fleming também acredita que o vínculo dos personagens seria algo interessante caso Carl ainda estivesse vivo. “Acho que ter uma cena com ele teria sido muito especial”, disse a garotinha em uma live no Instagram, acrescentando que eles se dariam bem como irmãos, já que Judith possivelmente o admiraria como irmão mais velho. “Todos os irmãos têm brigas por coisas pequenas, mas se eles crescessem juntos e lutassem juntos, seria muito legal”.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui