Fracasso nos cinemas, Josie e as Gatinhas ganharia sequência na Netflix

Josie as Gatinhas em animação
Josie as Gatinhas em animação (Divulgaçao)

O ano era 2001, e as comédias adolescentes sofreram um boom. Para tentar pegar uma carona nesse filão, a Universal Pictures lançou Josie e as Gatinhas, em parceria com a Archie Comics. O filme era estrelado por Rachel Leigh Cook, Rosario Dawson e Tara Reid nos papéis principais e contava a história da banda feminina originada nos quadrinhos, e que também teve seu próprio desenho animado da Hannah Barbera.

No longa, elas eram convidadas por uma gravadora para substituir uma famosa boyband que tinha sofrido um acidente aéreo rumo a um festival, e foi considerada morta. O filme foi um fracasso nas bilheterias arrecadando apenas 14 milhões de dólares, menos que os 22 milhões gastos em sua produção, e nunca teve uma continuação.

Atualmente, Maria Lewis, roteirista do filme apresenta o podcast Josie and The Podcats, uma minissérie co-apresentada por Blake Howard e que explora a história do filme. O podcast entrevistou os cineastas Deborah Kaplan e Harry Elfont, que revelaram que eles tentaram fazer um acordo com a Netflix para uma possível continuação, que teria como foco DuJour, a boyband desaparecida no primeiro filme.

“Nós quase fizemos um filme do DuJour alguns anos atrás. Nós apresentamos a Seth Green e Breckin Meyer”, disse Elfont. O projeto se chamaria Foursome, já que os diretores não possuem o direito sobre o nome DuJour, mas teria sido sobre os mesmos personagens, se reunindo e tendo uma briga enorme. Além de Green e Meyer, o filme contaria também com Donald Faison, de As Patricinhas de Beverly-Hills e Alexander Martin, de Mal Posso Esperar.

Quando a série Riverdale lançou, Josie e as Gatinhas também apareceram na tela, e Ashleigh Murray, que intérprete de Josie chegou a dizer que adoraria em algum momento poder dividir a tela com as personagens do filme. “Seria incrível se, de alguma forma, todos as Gatinhas do filme fizessem uma participação especial de três maneiras diferentes, em três situações diferentes. Isso me faria muito feliz. Eu não sei se há alguma forma de isso acontecer, mas talvez…”, disse ela dando dica aos produtores, que parecem não tê-la ouvido, já que sua personagem foi movida para Katy Keene, a nova série baseada em personagens da editora Archie Comics.