Francis Ford Coppola lançará nova edição de O Poderoso Chefão Parte III

Diane Keaton e Al Pacino em O Poderoso Chefão Parte III (Imagem: Divulgação)

Trinta anos depois da estreia, O Poderoso Chefão Parte III será relançado nos cinemas. A novidade foi compartilhada por Francis Ford Coppola. O terceiro filme da premiada trilogia estrelada por Al Pacino é o de menor recepção, tanto financeira quanto de avaliação da crítica. O próprio diretor está fazendo a reedição e pretende fazer o lançamento ainda este ano.

A nova edição foi nomeada “Mario Puzo’s The Godfather, Coda: The Death of Michael Corleone”, em referência ao co-roteirista da trilogia, Mario Puzo, falecido em 1999. Em um comunicado enviado à imprensa [via EW], a Paramount afirmou que pretende alcançar a “visão original de Coppola e Puzo para o final, que foi meticulosamente restaurada para a melhor apresentação do último capítulo da saga de Corleone”. O estúdio está planejando fazer o lançamento em dezembro nos cinemas e posteriormente disponibilizar em VOD.

“‘Mario Puzo’s The Godfather, Coda: The Death of Michael Corleone’ é um reconhecimento do título preferido de Mario Puzo e de nossas intenções originais para o que se tornou ‘O Poderoso Chefão: Parte III'”, disse o cineasta. “Para esta versão do final, eu criei um novo começo e fim, e reorganizei algumas cenas, tomadas e pistas musicais. Com essas mudanças e as imagens e som restaurados, para mim, é uma conclusão mais apropriada para ‘O Poderoso Chefão’ e ‘O Poderoso Chefão: Parte II’ e agradeço a Jim Gianopulos e à Paramount por me permitirem revisitá-lo”.

Estrelado por Al Pacino, Diane Keaton, Andy Garcia, Talia Shire, Joe Mantegna, George Hamilton e Sofia Coppola, O Poderoso Chefão Parte III foi lançado 16 anos depois do segundo filme. A parte final foi indicada a sete categorias do Oscar, mas não venceu nenhuma. Já a atuação da filha do diretor, que interpretou Mary Corleone, foi bastante criticada e ela foi até indicada ao Framboesa de Ouro.

Francis Ford Coppola e a sua produtora American Zoetrope fizeram a edição da nova versão a partir da digitalização de 4K do original. “Sr. Coppola supervisionou todos os aspectos da restauração enquanto trabalhava na nova edição, garantindo que o filme não apenas parecesse e soasse puro, mas também atendesse aos seus padrões pessoais e visão de direção”, disse Andrea Kalas, vice-presidente sênior da Paramount Archives.

 

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.