Franquia de O Grito vai se tornar série na Netflix

O Grito
Reboot de O Grito chega aos cinemas brasileiros no dia 13 de fevereiro de 2020 (Imagem: Divulgação)

As Netflix tem se saído bem com as suas produções originais de terror. Os sucessos Stranger Things e A Maldição da Residência Hill são provas disso. A plataforma de streaming parece estar querendo investir em mais uma grande aposta do gênero. De acordo com o site Ramen Para Dos, O Grito, famosa franquia de terror, vai virar uma série.

A franquia de terror surgiu no Japão em 2002, intitulado Ju-on, sob o comando do cineasta Takashi Shimizu, que em 2004 dirigiu a versão americana, estrelada por Sarah Michelle Gellar. Em 2006 o longa ganhou uma sequência, novamente sob o comando de Shimizu e com Gellar no papel principal.

A nova série da Netflix foi confirmada durante um evento no Japão. A produção contará com a direção de Sho Miyake e está prevista para estrear ainda em 2020.

 

Remake nos cinemas em 2020

O Grito também ganhou um remake, que chega nos cinemas brasileiros no dia 13 de fevereiro. Nos Estados Unidos e em alguns outros países o filme já foi lançado. As críticas não foram boas, amargando apenas 15% de aprovação no Rotten Tomatoes, site agregador de críticas.

O longa de terror conta com a direção de Nicolas Pesce, que também atua no roteiro ao lado de Jeff Buhler. O longa tem produção de Sam Raimi, cineasta responsável pela franquia A Morte do Demônio (The Evil Dead). A trama é ambientada no mesmo universo do terror de 2004, que contou com a direção de Takashi Shimizu. “Não é uma sequência e nem um remake. Esse filme se passa exatamente no mesmo período que o filme estrelado pela Sarah Michelle Gellar, lançado em 2004. Enquanto a Michelle está em sua jornada no Japão, isso está acontecendo na América ao mesmo tempo”, conta Pesce em entrevista ao Bloody Disgusting.

O filme é estrelado por Andrea Riseborough e Demian Bichir. O elenco ainda conta com John Cho, Betty Gilpin, Lin Shaye, Jacki Weaver, Frankie Faison e Joel Marsh Garland.

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort