Gabi Butler, de Cheer, responde reação dos telespectadores sobre seus pais

Cena da série Cheer (Foto: Divulgação / Netflix)
Cena da série Cheer (Foto: Divulgação / Netflix)

Cheer, a série documental da Netflix sobre a vida das líderes de torcida do Navarro College chamou muito a atenção dos espectadores, principalmente os pais de Gabi Butler. Contudo, a atenção voltada a eles não veio através de elogos e sim através de duras críticas, principalmente sobre como eles tratavam a filha. Mas Butler mostrou não guardar rancor e defendeu a série da Netflix mesmo após a reação negativa contra seus pais (via Cinema Blend).

Enquanto estavam sendo filmados, os pais de Gabi Butler brigaram, disseram a ela o que postar nas mídias sociais e ainda a aconselharam a comer jaca em vez de ovos, para que ela pudesse passar mais tempo comendo. No entanto, como em todas as documentações, o contexto às vezes é deixado de fora, e o diretor e produtor de Cheer, Greg Whiteley, explicou em fevereiro que devia aos pais de Butler um pedido de desculpas pelo modo como os retratou no programa da Netflix.

Em uma entrevista para a Metro.co.uk, Butler revelou que não tinha nenhum ressentimento em relação a Whiteley. Aqui está o que ela disse: “[Greg Whiteley] fez um trabalho incrível produzindo o programa. Nós amamos o Greg. Ele se sentiu muito mal com a maneira como as pessoas vinham nos meus pais, então ele queria meio que fazer as coisas direito. Mas sim, ele é um cara incrível. Definitivamente Um ótimo, ótimo cara. Produtor incrível. Super doce”.

Gabi Butler mostrou entender que em uma série documental não dá para mostrar tudo, com isso os espectadores não entendem o todo. Sobre o caso da jaca, Butler contou havia uma preparação para essa conversa que não foi incluída no corte final de Cheer. Acontece que Butler estava apenas pedindo à mãe Debbie conselhos sobre como tonificar o corpo. Foi só então que Debbie sugeriu comer jaca como uma opção.

Gabi Butler também compartilhou algumas decepções sobre a série. Uma delas foi sobre que equipe de torcida do Navarro College estava se preparando para competir no Campeonato Nacional da Associação de Líderes de Torcida em Daytona Beach em abril. No entanto, o campeonato foi cancelado antes de 8 de abril devido à crise global de saúde. Butler ficou arrasada, já que este era seu último ano na equipe.