Geisy Arruda revela desejo de transformar contos eróticos em filmes pornôs

Geisy Arruda
Geisy Arruda (Imagem: Reprodução / Instagram)


Geisy Arruda, que hoje trabalha como digital influencer e escritora de contos eróticos, revelou sua vontade em transformar as suas histórias em longas metragens. Ela afirmou que pretende dirigir um filme pornográfico.

“Já ofereci para as Brasileirinhas e a gente está conversando. Mandei para eles lerem meus textos e talvez role”, afirmou ela em entrevista à coluna do Fefito, do UOL.

A famosa fez questão de enfatizar que pretende trabalhar como diretora, e não como atriz pornográfica. “Eu entraria como diretora e autora das cenas, não como atriz. Teria de ser algo mais programado e feito com cuidado”.

A modelo, que tem dedicado boa parte de seu tempo para a literatura de contos eróticos, chegou até mesmo a criar uma personagem que chamou de Giselle. A criação já virou protagonista do Prazer da Vingança, seu primeiro conto e será também a principal personagem do Desejo Proibido, sua segunda publicação.

Geisy ainda enfatizou que não pretende de forma alguma virar uma atriz pornô. “As pessoas iriam ficar decepcionadas, porque quem consome pornografia gosta do tudo ou nada. Se você não transa não tem o que fazer lá na cena, não tem essa margem de arte”, falou Gleisy.

Ela ainda revelou que tem acompanhado o trabalho das camgirls, mulheres que se exibem de uma forma erótica em chamadas de vídeo. “Me inspiram muito as camgirls. Gosto de assisti-las quando quero escrever”, revelou a digital influencer.

Geisy também revelou que tem sofrido assedio além de várias propostas indecentes por causa de seu trabalho de escritora de contos eróticos. “Tenho que estabelecer limites. Há dez anos me reafirmo como mulher por causa de um vestido curto ou porque escrevo contos eróticos. Quero fazer o filme como diretora, mas tem de ter muito cuidado com essa ideia”, ponderou.