Gladiador: Produtor fala sobre sequência SEM Russell Crowe

Joaquin Phoenix e Russell Crowe em Gladiador (Imagem: Divulgação)

Já tem um tempo que foi revelada a intenção de fazer uma sequência do aclamado Gladiador, épico dirigido por Ridley Scott e estrelado por Russell Crowe. Em entrevista recente para o ComicBook, o produtor Doug Wick atualizou sobre o desenvolvimento do novo filme. Ele conta que, além dos desafios da agenda do diretor, há dificuldade no roteiro e no progresso da história sem a presença do protagonista. Vale lembrar, que Maximus morre no final do longa lançado em 2000.

O produtor afirma que a equipe não deseja criar uma sequência apenas pelo título, mas apesar dos desafios, a continuação é um desejo de todos. “Ridley adoraria fazer isso. É realmente tudo sobre colocar algo no papel”, afirmou. “Todo mundo [envolvido com o original] ama demais o filme para considerar explorá-lo de forma barata e criar algo que é uma sombra dele. É realmente um problema criativo claro, trabalhando em um roteiro, e se conseguirmos lugar… Ridley está trabalhando nisso, é realmente apenas uma questão de saber se podemos chegar a um lugar em que pareça digno de fazê-lo. É um verdadeiro desafio”.

Wick acrescentou: “Mas também é um problema de escrita real. Como qualquer bom filme, Gladiador trabalha pela pele dos dentes, onde esse filme de luta acaba se somando dessa maneira e, novamente, para tirar o melhor de tudo o que o público está apegado, mas torná-lo novo em uma nova encarnação, é realmente desafiador. E, claro, o líder está morto. Se você faz o padrinho, você diz: ‘Ok, o público ama essas estrelas neste guarda-roupa’, e você traz de volta o time antigo”.

A ideia é que a sequência seja focada na vida adulta de Lucius, filho de Lucilla (Connie Nielsen) e sobrinho de Cômodo (Joaquin Phoenix), que no longa original foi interpretado por Spencer Treat Clark. Ainda não foi revelado quem do elenco original pode retornar para a nova produção.

Lançado em 200, Gladiador recebeu inúmeras críticas positivas e foi lembrado em várias premiações. No Oscar 2001, por exemplo, recebeu 12 indicações, saindo vitoriosos nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (Crowe), Melhor Efeitos Especiais, Melhor Figurino e Melhor Mixagem de Som.