Globo de Ouro muda regra para filmes concorrerem à premiação devido ao coronavírus

Globo de Ouro (Imagem: Divulgação)

Devido à pandemia do novo Coronavírus muitas mudanças na agenda dos cinemas em todo o mundo tiveram que ser reajustadas, e isso também causou alterações nas regras de elegibilidade do Globo de Ouro. A Associação de Imprensa Internacional anunciou que agora os cerca de 90 votantes não precisam necessariamente ter a sua presença marcada em exibições oficiais dos filmes indicados em salas de cinema localizadas na área de Los Angeles. As informações são do The Hollywood Reporter.

A decisão foi tomada após o fechamento dos cinemas nos EUA, por causa do avanço da doença no país, e agora as distribuidoras terão que fazer as apresentações dos seus títulos à distância, através do contato com a Hollywood Foreign Press Association (HFPA), e fornecer DVDs e links para que os votantes assistam aos longas em casa, em meio ao isolamento social durante a quarentena.

A regra vale entre os dias 15 de março e 30 de abril, porém, há a possibilidade deste período ser prorrogado, dependendo da evolução da pandemia. Outra norma que caiu por terra a partir da situação atual é o fato de que os longas precisavam entrar em cartaz nos cinemas de Los Angeles para concorrer à premiação. Agora, as produções estão livres para para serem exibidas nos chamados formatos televisivos (serviço de streaming, canal de TV aberta ou fechada, etc.) e continuarão válidas para os prêmios.

A HFPA ainda explicou que a aplicação destas novas regras será avaliada de forma individual a partir de cada caso e que novas medidas poderão ser tomadas a depender de como o vírus da COVID-19 irá se comportar nos próximos dias.

As novas regras por enquanto são classificadas com o valor “temporário”. Ainda sem data definida, o Globo de Ouro já definiu as comediantes Tina Fey e Amy Poehler como apresentadoras da edição de 2021.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.