GOT: Autor revela que o destino de Hodor será diferente em seus livros

Hodor (Kristian Nairn) em “The Door” – quinto episódio da sexta temporada de Game of Thrones (Imagem: Divulgação/ HBO)

Após oito temporadas e milhares de fãs pelo mundo, Game of Thrones chegou ao fim em maio de 2019, com mortes chocantes e muitos destinos que desagradam uma parte bem grande do público. No entanto, desde a primeira temporada, quando os fãs acompanharam a morte de Ned Stark (Sean Bean), ficou claro que a série não tinha medo de matar grandes personagens. Falar em morte marcante é falar no emocionante destino do adorável Hodor (Kristian Nairn).

No memorável “The Door”, quinto episódio da sexta temporada da série da HBO, o gigante que carregava Bran Stark (Isaac Hempstead Wright) em suas costas, se sacrificou para salvar as vidas do jovem Stark e de Meera Reed (Ellie Kendrick). Usando o seu peso para segurar uma porta, que bloqueava inúmeros mortos-vivos, Hodor permitiu que a dupla escapasse, no entanto, sua vida foi perdida. Com certeza, um dos dos destinos mais emocionantes de todo o programa.

Apesar da cena memorável, o querido personagem terá um destino diferente nos livros. No livro Fire Cannot Kill a Dragon, de James Hibberd, George R.R. Martin citou a cena da morte de Hodor para explicar que os seus livros serão diferentes do show. “Achei que eles executaram muito bem, mas haverá diferenças no livro”, o autor disse [via EW]. “Eles fizeram isso muito fisicamente – ‘segurar a porta’ com a força de Hodor. No livro, Hodor roubou uma das velhas espadas da cripta. Bran tem entrado em Hodor e treinado com seu corpo, porque Bran foi treinado em esgrima. Então, dizer a Hodor para ‘segurar a porta’ é mais como ‘segurar esta passagem’ – defendê-la quando os inimigos estão chegando – e Hodor está lutando e matando-os. Um pouco diferente, mas a mesma ideia”.

Para a série, a ideia de segurar a porta com o corpo parecia mais claro. “Para o nosso propósito, segurar a porta é visualmente melhor, especialmente porque temos muitas lutas”, o coprodutor Dave Hill observou. No show da HBO, esse comando de “hold the door” (segure a porta) ecoou com o nome dado ao gigante e sua debilidade mental, quando Bran teve visões da sua juventude, transformando a cena em uma das mais marcantes do programa.

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.