Governos fazem apelo para serviços de streaming, Netflix é a primeira a tomar atitude

Logo da Netflix
Logo da Netflix (Reprodução/Facebook – Netflix)

Com a população mundial sendo obrigada a ficar de quarentena em suas casas devido à pandemia de Coronavírus, as pessoas estão buscando diversas formas de passar o tempo, e uma dessas formas é assistindo a filmes e séries nos serviços de streaming. Por um lado isso pode ser benéfico para as empresas que oferecem esses serviços como a Netflix, Disney+ e Amazon Prime Video, mas por outro lado, tanta gente conectada pode atrapalhar o tráfego da internet.

Com o mundo de quarentena, se manter informado é essencial e um dos meios de saber o que está acontecendo no mundo é através da internet. Para evitar que a qualidade do serviço caia ou a população fique sem internet, diversos governos, como os da União Européia, estão pedindo para os serviços de streaming como a Netflix, parem de oferecer a opção HD.

Através de sua conta no Twitter, Thierry Breton, o Comissário de Comércios Internacionais, comentou: “Tive uma conversa pelo telefone importante com Reed Hasting, o CEO da Netflix. Para vencermos o COVID19, nós precisamos ficar em casa. Internet e streaming ajudam bastante, mas muitas infraestruturas podem estar sobrecarregadas. Para garantir internet para todos, vamos #MudarParaOBásico quando a definição em HD não for necessária”.

Ainda, a Comissão Européia responsável pelo mercado interno relatou que realmente houve um aumento do uso da banda larga, mas sem demonstrar problemas. Em seguida, um porta-voz da Netflix se pronunciou, onde explicou que a empresa limitará a qualidade dos streamings por 30 dias. O porta-voz disse: “Estimamos que isso reduzirá o tráfego da Netflix nas redes europeias em cerca de 25%, além de garantir um serviço de boa qualidade para nossos membros”.

O site Adoro Cinema procurou a Netflix Brasil para saber se a situação em nosso país seria igual. A empresa respondeu: “Começamos com a Europa, dadas as preocupações relatadas pelo comissário sobre as redes europeias. Continuaremos a trabalhar com provedores de serviços de Internet e governos de todo o mundo e aplicaremos essas mudanças conforme necessário em outros lugares”.

Ontem, dia 22, os apresentadores do Fantástico comentaram sobre o aumento do uso da internet no Brasil. Segundo eles, parar evitar problemas no tráfego da internet, a Globo também irá diminuir a qualidade de seus shows na Globoplay.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.