The Banker (Reprodução)

Nova produção do diretor George Nolfi, o filme The Banker, que seria lançado pelo serviço de streaming Apple TV+ e conta com a protagonização dos atores Samuel L. Jackson e Anthony Mackie, teve sua pré-estreia cancelada após a divulgação de graves acusações. A decisão pelo cancelamento foi tomada após o produtor e filho do empresário que serviu de inspiração para o longa ser acusado de cometer abuso sexual.

As informações foram divulgadas pelo site de notícias de entretenimento Deadline. Agora, não vai ocorrer a cerimônia de lançamento, que, aparentemente, não tem mais data para acontecer. E as acusações partiram das próprias irmãs do homem, que se manifestaram contra o filme. Por meio do Twitter, Cynthia Garrett, uma das irmãs, fez uma denúncia pública.

“O filme mente para esconder que seu produtor abusou sexualmente de mim e da minha irmã por anos e depois apagou a história de vida da minha mãe ao lado do meu pai. A nossa família não vai continuar em silêncio!”, escreveu ela em uma publicação. Cynthia alega, segundo as informações publicadas, que a história da trama apresenta fatos distorcidos.

Segundo outro site de notícias de entretenimento, o The Hollywood Reporter, Cynthia está trabalhando em um livro de sua autoria, que narra a infância dramática e também os abusos sofridos por ela e pela irmã. O livro tem previsão de lançamento agendada para 2020, pouco depois da data prevista para a estreia do filme, que estava agendado para entrar em cartaz nos Estados Unidos no próximo dia 6 de dezembro. Em seguida, ele seria levado ao catálogo do serviço de streaming Apple TV+. Agora, o longa segue com o destino incerto.

A produção responsável pelo filme The Banker fez apenas um comunicado oficial, no qual manifesta sua ciência com relação às graves acusações. “Compramos os direitos para filmar The Banker no início de 2019 pela história educacional e divertida sobre mudanças sociais. Na semana passada, fomos alertados de algumas preocupações relacionadas ao filme. Nós e os realizadores precisaremos de tempo para determinar os próximos passos”, diz o comunicado.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui