Halle Bailey conta como lidou com ataques racistas ao ser escolhida protagonista de A Pequena Sereia

Halle Bailey (Reprodução)

Em meados de 2019, a Disney anunciou muito precocemente que já havia escolhido uma atriz para interpretar Ariel, no live-action de A Pequena Sereia. A selecionada era a cantora e atriz Halle Bailey, de 20 anos, mas o que para ela era um sonho, quase se transformou em um pesadelo por um único motivo: a cor de sua pele. Os fãs, não em sua maioria, protestaram devido a uma jovem negra viver a personagem mitológica.

Em nova entrevista à Teen Vogue, a jovem que lançou com a irmã, o álbum Ungodly Hour, que está sendo promovido através de lives nas redes sociais, contou como lidou com a situação, e que ainda se mantém agradecida pela posição em que foi colocada. “Sempre aprendemos a manter a cabeça erguida, não importa a situação. Não importa o que alguém tenha a dizer sobre você, continue lutando”, disse ela.

Há um ano, numa conversa com a revista Variety, ela já dava provas de que não se importava com o peso das críticas. “Sinto como se estivesse sonhando e sou apenas grata. E não presto atenção à negatividade. Só sinto que esse papel é algo maior que eu, e vai ser lindo. Estou empolgada por fazer parte disso”.

Até mesmo Jodi Benson, que dublou e cantou as músicas de A Pequena Sereia, a animação, falou em uma convenção no ano passado sobre as críticas recebidas pela jovem, sem motivo algum. “Eu acho que o espírito de um personagem é o que realmente importa. O que você leva para um personagem, tanto sei coração como seu espírito, é o que realmente conta, e não o pacote externo. Por exemplo, eu estou muito velha para cantar Part Of Your World  [música da animação] se você olhar para meu rosto, mas se você fechar os olhos, ainda poderá ouvir o espírito de Ariel”.

 Halle Bailey também encerrou as filmagens do longa de terror The Georgetown Project, estrelado por Russel Crowe e Ryan Simpkins. “Então, eu estava constantemente orando quando estava no set. Mas, surpreendentemente, a energia no set foi tão positiva. E eu aprendi muito estando perto de todos esses atores vencedores do Oscar”, disparou.