Han Solo: Uma História Star Wars foi aprovado por causa da sua pior cena (e isso explica muita coisa…)

Han Solo: Uma História Star Wars já divide opiniões, como aconteceu com os últimos lançamentos da franquia. Tem gente que gostou do filme. Muita gente não gostou do que viu. É assim mesmo. Já ficou normal.

Não estou aqui dizendo que este é o pior filme com a marca Star Wars que eu já vi. Afinal de contas, o Episódio II continua sendo imbatível nesse aspecto. Mas que os resultados finais NA MINHA OPINIÃO ficara bem aquém do padrão de qualidade que estamos acostumados.

Mesmo tentando ser leve e divertido, o filme de Han Solo se perde nos seus próprios conceitos divertidos. É meio perdido, sem dizer a que veio no final das contas. Um filme desnecessário.

E a prova disso talvez esteja na forma em como o filme foi aprovado pela Disney. Depois de duas recusas, Bob Iger, o chefe da p**** toda, aprovou o filme de Han Solo depois que seus realizadores contaram aquela que, para muitos que viram o longa, pode ser considerada a sua pior cena: a revelação da origem do nome do protagonista.

Não vou dar spoilers sobre essa cena, mas muitos fãs estão profundamente insatisfeitos com o simples fato desse momento com uma informação tão importante ter uma solução tão insossa e simplista. E foi exatamente esse momento que fez com que o filme fosse aprovado, depois de duas recusas.

Entendo que está nos detalhes de determinadas informações que descobrimos se um filme vai bem ou mal no seu desenvolvimento. Todos nós tomamos conhecimento sobre tudo o que aconteceu nos bastidores de Han Solo: Uma História Star Wars, e a impressão que dava era que a casa da mãe Joana era mais organizada que esse filme.

Porém, mesmo que a notícia não seja surpreendente, é de certa forma inesperado saber que o filme foi aprovado por causa de um dos seus momentos mais criticados.

O que serve de consolo em tudo isso é saber que não podemos acertar sempre, e que a Disney pode se dar ao direito de errar de vez em quando.

 

Via CinemaBlend

bostancı escort