Jude Law será estrela de “The Third Day” na HBO. Na imagem, o ator em Capitã Marvel (Disney/Marvel)
ANÚNCIO

A HBO divulgou as primeiras imagens da minissérie The Third Day e confirmou quarta-feira (12), que a produção estrelada por Jude Law e Naomi Harris estreia em maio.  Produzida em conjunto com a Sky Atlantic UK, a minissérie terá seis episódios divididos em duas partes chamadas de Verão e Inverno. 

O enredo de mistério mostra a trajetória individual de Sam (Law) e Helen que desembarcam em uma misteriosa ilha na costa britânica em diferentes momentos. Os personagens são introduzidos aos rituais praticados pelos misteriosos habitantes da ilha, e então a linha entre realidade e absurdo é apagada.

Assim, enquanto Sam se vê em uma jornada emocional confrontando traumas de seu passado, Helen, que chega à ilha em busca de respostas, logo descobrirá que a visita irá selar seu destino.

A série conta com Katherine Waterston (Boardwalk Empire), Emily Watson (Chernobyl) e Paddy Considine (MacBeth).  Escrita pelo dramaturgo Dennis Kelly (Black Sea, 2014) e dirigida por Marc Munden e Philipa Lowthorne (ambos conhecidos por dirigirem documentários para BBC) The Third Day estreia na HBO em 11 de maio. 

Watchmen

Outra produção da HBO que está sendo muito bem sucedida é Watchmen que fez tanto sucesso, que fez o público pedir uma continuação. Devido à enorme repercussão, a HBO deixou em aberto nas mãos do showrunner sobre a segunda temporada. Em entrevista recente, Damon Lindelof falou sobre a possibilidade de um retorno na direção de uma nova temporada.

“Entendo que a cultura em geral quer uma resposta concreta. ‘Haverá mais ou não haverá mais’. E, infelizmente, a resposta é ‘provavelmente não’. Tenho sido bastante consistente com isso desde que estreamos na Comic-Con”, disse ele.

Lindelof disse que deixou livre com a emissora, no entanto, que a sequência de Watchmen pode ser dirigida por outro profissional. “Quando eu estreei a série, eu a via como no modelo de Fargo e True Detective. Acho que há uma probabilidade muito alta para terem mais temporadas de Watchmen, mas não há tanto para que eu me envolva como showrunner. Essa possibilidade começa a cair. Eu adoraria ver mais, e assistir a mais programas como True Detective ou Fargo, onde outros diretores podem entrar e tentar a sorte. Eu não criei Watchmen, então acho hipócrita dizer que sou o único que pode fazê-lo. Mas também quero deixar espaço, para, se daqui a três, quatro ou cinco anos, eu tiver aquele momento ‘eureka’ em que poderíamos fazer outra vez”.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui