Heartstring: Série documental sobre Dolly Parton ganha novas imagens

Dolly Partton
Dolly Partton (Imagem: Reproddução/Innternet)

A Netflix divulgou as primeiras imagens da sua nova série documental Heartstring, que no Brasil ganhou o subtítulo “Tocando o Coração”, e vai contar com a trajetória da famosa cantora country dos Estados Unidos Dolly Parton.

Em cada episódio, a série vai contar com uma música diferente que faz parte do repertório da famosa musicista como título de cada episódio. De acordo com a descrição, a produção é “‘uma vitrine de histórias, memórias e inspirações por trás das mais amadas canções de Parton”.

Dividida em oito partes, a série vai abordar temas comuns da história de Parton, como a família, a fé, o perdão, entre outros temas importantes. A direção do documentário é de Joe Lazarov, enquanto o roteiro da produção contou com a assinatura de Jim Strain.

No episódio intitulado Joelene, Parton irá aparecer ao lado de Julianne Hough, que faz parte da atração junto com Kathleen Turner, Delta Burke, Gerald McRaney, Ginnifer Goodwin, Kimberly Williams-Paisley, TImothy Busfield e Melissa Leo, que também fazem parte do elenco.

Kyle Bornheimer, Tyler Crumley, Mary Donnelly Haskell, Ed Amatrudo, Delta Burke, Gerald McRaney Ben Lawson, Brooke Elliott, Michele Weaver, Tim ReidColin O’Donoghue,Willa Fitzgerald, David Denman, Vanessa Rubio, Mac Davis, Julianne Hough, Kimberly Williams-Paisley, Dallas Roberts, Sarah Shahi, Rochelle Aytes, Jessica Collins, Tammy Lynn Michaels, Patricia Wettig, Timothy Busfield, Tom Brittney, Virginia Gardner, Robert Taylor, Holly Taylor, Shane Paul McGhieMary Lane Haskell, Camryn Manheim, Bellamy Young, Melissa LeoAndy Mientus, Katie Stevens, Michael J. Willett, Aidan Langford e Ray McKinnon completam o time.

Nascida em 1946, Dolly Parton iniciou a carreira artística, aos 21 anos, quando substituiu Norma Jean, na dupla com Porter Wagoner. O sucesso foi imediato, e logo no ano seguinte, eles ganharam o prêmio de “Melhor Dueto do Ano”, da Academia de Música Country. Em 1974, deu os primeiros passos na carreira solo ao lançar o álbum Jolene, e logo foi despontando ao trabalho sozinha.

Em todos estes anos, chegou a trabalhar em duetos com vários artistas e também emprestou as suas composições, como o hit I Will Always Love You, sucesso na voz de Whitney Houston.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.