Henry Cavill conta que foi obrigado a mentir em coletivas de Liga da Justiça

Henry Cavill como Superman em Liga da Justiça
Henry Cavill como Superman em Liga da Justiça (Reprodução)

Nem sempre as empresas querem que você seja honesto a qualquer custo, já que isso pode atrapalhar os negócios delas. Isso aconteceu com o ator Henry Cavill que revelou em entrevista recente que foi instruído a mentir sobre seu personagem, o Superman, não estar presente em Liga da Justiça, filme de 2017. O Homem de Aço foi morto no final de Batmab vs Superman: A Origem da Justiça, o que deu início aos eventos dos filmes seguintes, começando por Esquadrão Suicida (2016).

Com isso, a Warner Bros tentou fazer um mistério sobre a inclusão do herói no filme que teria Mulher-Maravilha, Flash, Cyborg, Aquaman e Batman lutando juntos. Os fãs, no entanto, nunca acreditaram de verdade, que o Superman havia morrido, pois a história parecia seguir a clássica história em quadrinho da morte do herói publicada em 1990. Na época, os materiais promocionais do filme não contavam com fotos de Cavill, para dar a entender que o personagem não voltaria.

Mais tarde, para atrair público, o estúdio resolveu inserir as imagens do Superman no material de divulgação do filme, mas nunca revelando sobre o retorno, e até despistando a imprensa dizendo que a presença dele se limitava a flashbacks já gravados em seu filme anterior. Durante uma recente entrevista no Empire Podcast, Cavill disse que promover o filme e ao mesmo tempo manter o papel de Superman em segredo foi uma experiência previsivelmente estranha. Cavill olhou para trás na turnê de imprensa da Liga da Justiça e discutiu sua reação ao ser orientado a mentir sobre o envolvimento de Superman no filme, dizendo:

“Sim, foi uma daquelas situações estranhas onde eu acho que as pessoas – ninguém realmente sabia o que queriam e era tipo ‘Ei, precisamos de Henry na turnê de imprensa, mas não vamos contar a ninguém que ele está no filme.’ Eu estava tipo ‘Ok, bem, vai ser super estranho para mim, pessoal. Obrigado por me dar um cenário impossível que eu vou apenas dizer às pessoas, bem, sim, eu estava aqui para apoio moral. Eu fiz o chá. Fiz chá para um filme inteiro’. Tenho certeza de que ninguém acreditou”.

Cavill participou de quase todos os eventos de imprensa da Liga da Justiça, apenas para evitar responder a perguntas sobre a ressurreição do Superman, apesar de ser o elefante branco estar na sala. Embora seja compreensível que a Warner Bros. quisesse proteger a única grande reviravolta na Liga da Justiça, assistir novamente às entrevistas de Cavill daquela época é ainda mais estranho agora, sabendo que Cavill estava tão confuso quanto os fãs sobre os níveis desnecessários de sigilo.