Henry Cavill que se cuide! Outros atores estão de olho no papel de Superman

Michael B. Jordan como Superman (Reprodução)

Tem muita gente dizendo por aí que o tempo de Henry Cavill como Superman já passou, outras pessoas afirmam que ele irá voltar ao papel que o catapultou para a fama. Notícias recentes publicadas pelo site Heroic Hollywood davam conta que o ator está mesmo renegociando os termos de seu contrato com a Warner Bros. para dar vida a Clark Kent novamente, mas isso não aconteceria num esperado Homem de Aço 2, e sim em filmes de outros heróis.

Segundo a matéria, um executivo do estúdio que não quis ser identificado revelou que a empresa acredita que aparecendo nos filmes de seus colegas, o herói possa aumentar sua popularidade a ponto de futuramente ter a continuação de seu filme solo. Vale lembrar que Homem de Aço, de 2013, foi o filme mais rentável que teve Clark Kent como protagonista.

Mas agora, novas possibilidades surgiram no cenário estrelado da DC Films, tudo porque segundo o site We Got This Covered, outros astros do cinema estão de olho no papel do personagem, um dos mais famosos dos quadrinhos. Segundo o relatório divulgado, a AT&T, famosa operadora de telefonia dos Estados Unidos, e atual dona da WarnerMedia, quer sim Henry Cavill de volta ao papel, até para dar continuidade aos planos começados com o anúncio do Snyder Cut de Liga da Justiça na HBO Max, seu novo serviço de streaming e assim ‘colocar ordem na casa’.

Mas a decisão não seria unânime, já que alguns dos executivos e diretores, remanescentes da última gestão, ainda desejam fazer a troca de atores, e colocar Michael B. Jordan no papel do Superman em um possível Homem de Aço 2. O ator, que foi considerado estrela da WB ao protagonizar Creed: Nascido para Lutar, e Creed II, já havia conversado com o estúdio há dois anos sobre o potencial papel.

Estes executivos inclusive, descartam a possibilidade de ter Zack Snyder como diretor, e querem JJ Abrams no comando da franquia, o problema é que o profissional não abre mão de ter John Boyega como protagonista. Ele dirgiu Boyega em Star Wars: O Despertar da Força (2015), e disse recentemente que gostaria de trabalhar com ele novamente, quando o ator disse que possivelmente ao se posicionar contra Hollywood nos protestos americanos do Black Lives Matter, sua carreira estaria acabada.