Rin Tin Tin (Imagem: Reprodução)

A Warner está trabalhando num reboot da história de Rin Tin Tin, o cachorro mais famoso de Hollywood, 90 anos após o lançamento de último filme feito pelo cão herói. A novidade foi divulgada com exclusividade pelo Deadline nesta segunda-feira, dia 11.

O admirável e carismático pastor alemão estrelou inúmeros filmes e séries nos anos de 1920 e 1930. Nascido na França em 1918, ele foi adotado pelo Cabo Lee Duncan quando ainda era um filhote durante a Primeira Guerra Mundial. Ele foi levado junto com sua irmã Nannette pelo militar para Los Angeles, nos Estados Unidos.

Infelizmente sua irmã adoeceu e morreu. Já Rin Tin Tin, apelidado de Rinty, desenvolveu suas habilidades e se tornou um cão famoso. Ele apareceu pela primeira vez nas telas interpretando um lobo em “The Man From Hell’s River”, em 1922. Já em 1923 o pastor alemão protagonizou “Where The North Begins” (Onde o Norte Começa), ao lado da atriz Claire Adams.

O sucesso de Rinty foi tanto que ele foi creditado como um dos salvadores da Warner Bros da falência. A nova trama, em que veremos uma reinvenção da história do astro canino numa produção contemporânea, será escrita por Matt Lieberman, um dos roteiristas da animação de “A Família Addams”, que estreou no dia 31 de outubro.

O cineasta também é o responsável por escrever a comédia de ação “Free Guy”, filme que chega aos cinemas em 2020, tem direção de Shawn Levy e é estrelado por Ryan Reynolds, Jodie Comer, Lil Rel Howery, Taika Waititi e Joe Keery.

A produção do novo longa em live-action fica por conta da Mad Chance, de Andrew Lazar (Sniper Americano). De acordo com as informações, dessa vez, o icônico pastor alemão será um “astro de ação moderna, o John Wick dos cachorros e herói militar em uma importante missão anti-terrorismo”.

Rin Tin Tin, o inesquecível cão de Hollywood, faleceu em 1932. Sua última participação nos cinemas foi em 1931, na série de filmes de 12 capítulos “The Lightning Warrior”. Ao longo dos anos outras produções foram feitas, contando com seus sucessores.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui