Hollywood cria plano para voltar a produzir, mas com medidas drásticas; saiba quais

Letreiro de Hollywood (Imagem: Reprodução)

Hollywood quer retornar a atividade o mais breve possível, mas enquanto o coronavírus continua circulando diversas medidas devem ser tomadas para evitar mais contágios. Para isso, a Aliança dos Produtores de Filmes e Televisão (AMPTP) enviou uma documento de 22 páginas para o governo da Califórnia com diversas precauções a serem tomada durante a produção de um filme.

De acordo com a matéria da Vanity Fair, entre as medidas que serão tomadas caso o documento seja aprovado, estão não usar mais roteiro impressos em papel, equipes trabalhando em horários diferentes, higienização constante dos equipamentos, uso de máscara e evitar ao máximo contato físico.

Segundo o documento, o uso de roteiros de papel pode ajudar na disseminação do vírus, por isso, tudo o que for possível deverá ser feito digitalmente. Além disso, sobre distanciamento social o documento da AMPTP diz que “o contato físico deve ser evitado, incluindo apertar as mãos, cumprimentos, solavancos de punho ou cotovelo ou abraços”.

Sobre os horários alternados de trabalho, as equipes serão divididas em forças de trabalho modulares. Por exemplo, os técnicos de iluminação chegarão e sairão. Atores e equipes de filmagem farão seu trabalho e nunca se cruzam com as outras equipes. “O elenco escalonado e a equipe telefonam e encerram os horários para limitar o número de pessoas que chegam e saem do trabalho simultaneamente”, diz o documento.

Outras diretrizes apontam para que sempre que possível os escritores devem usar salas virtuais na fase de pré-produção e desenvolvimento e caso não seja possível “mantenha um metro e meio de distância, use coberturas faciais e faça a higiene das mãos antes e depois da reunião”.  E foi reforçado mais uma vez minimizar o uso de papel.

Por fim, além dos filmes, o documento também abrangeu séries, principalmente as que tem platéia. O documento diz: “Atualmente, o uso de audiências ao vivo é desencorajado. Caso a caso, o público ao vivo pode ser usado desde que os membros do público: usem coberturas faciais o tempo todo, mantenham um metro de distância física, inclusive enquanto esperam na fila ou sentados em um estúdio, e se submetam à triagem entrada”.

A pandemia está não só como as produções cinematográficas, mas também o modo como as pessoas vivem. Fazer filmes não será mais como antes.