Hugh Jackman é gay? Diante de rumores, esposa abre o jogo

Hugh Jackman em cena de Logan
Hugh Jackman em cena de Logan (Reprodução)

Durante anos, Hugh Jackman foi perseguido por rumores sobre sua sexualidade, apesar de seu casamento de 24 anos com sua colega, a atriz australiana Deborra-Lee Furness, que resolveu colocar a boca no trombone e falar sobre os boatos de que a união deles seja apenas uma fachada. Durante um jogo de perguntas e respostas no programa Brush With Fame de Anh, ela disse que os rumores foram tão longe, que ela chegou a ouvir em determinado momento que ela também era homossexual, e eles viviam juntos para disfarçarem para seus familiares.

“Ele é gay há muitos anos”, ela brincou em clipes compartilhados pelo Daily Mail. “Eu também era gay. Você sabe quando eu fiz Shame? Eu era gay naquela época. As pessoas ficaram chocados quando me casei”, brincou. “É simplesmente errado,” ela continuou. “É como se alguém dissesse a Elton John: ‘Ele é hétero’. Tenho certeza que ele ficaria chateado”. A atriz de 64 anos também compartilhou sua irritação com aqueles que dizem que ela é ‘sortuda’ por se casar com o astro de 51 anos, e intérprete do Wolverine no cinema por quase vinte anos.

Hugh Jackman e sua esposa Deborra-Lee Furness (Reprodução/ Instagram)

“As pessoas não percebem, mas na verdade é bem rude dizer isso”, disse ela. “’Sortudo’ porque ele é um garanhão, você sabe, mas isso é showbiz, Hollywood e a marca Hugh Jackman”. Quando Jackman foi considerado o homem mais sexy do mundo em 2008, a honra não intimidou Furness, pois ela revelou que a primeira coisa que disse a ele ao ouvir a notícia foi mandá-lo levar o lixo para fora. “Ei, sexy, é a sua vez com o lixo hoje”, acrescentou ela com uma risada.

O ator falou recentemente que quase foi demitido do primeiro filme dos X-Men. “Disseram-me que as coisas não estavam realmente funcionando como eles esperavam. Eu estava prestes a ser demitido do meu primeiro filme de Hollywood – o maior da minha carreira. Fiquei com raiva, fui para casa para minha esposa e reclamei. Eu estava reclamando para para Deb, minha esposa, em um nível olímpico de reclamação e reclamando dessa e daquela pessoa. E ela disse: ‘Você está se preocupando demais com o que todo mundo está pensando. Apenas volte para o personagem, concentre-se nisso, confie no seu instinto'”.