Intérprete do Batman faz desabafo e conta maior arrependimento na vida

Batman
Ator Ben Affleck como o personagem Batman em cena de trailer do filme Liga da Justiça, lançado no ano de 2017 (Imagem: Reprodução / YouTube – Warner Bros. Pictures Brasil)

Apesar das grandes e perfeitas atuações e de muitas coisas parecerem isentas de problemas no mundo do cinema hollywoodiano, os bastidores são tomados, por vezes, por inúmeros atritos. E os atores não estão ilesos a ele. O ator Ben Affleck, um dos intérpretes do personagem Batman, fez recentemente um desabafo e falou sobre um desses atritos nos bastidores. Ele contou o maior arrependimento de sua vida.

O ator, que teve problema com alcoolismo e se separou da atriz Jennifer Garner em 2018, disse que o término do casamento foi seu maior arrependimento. Em conversa com o jornal The New York Times, ele explicou: “Eu bebia normalmente por um longo tempo. O que aconteceu foi que eu comecei a beber mais e mais quando meu casamento estava desmoronando. Isso foi em 2015, 2016”.

E completou: “Minha bebida, é claro, criou mais problemas conjugais. O maior arrependimento da minha vida é esse divórcio. A vergonha é realmente tóxica. Não há subproduto positivo da vergonha. É apenas uma sensação tóxica e hedionda de baixa autoestima e autoaversão”. Além disso, ele se declarou uma pessoa com “comportamento compulsivo” e falou do ciclo vicioso que viveu.

“As pessoas com comportamento compulsivo, e eu sou uma, têm esse tipo de desconforto básico o tempo todo que estão tentando fazer algo desaparecer. Você está tentando se sentir melhor com comer, beber, fazer sexo, jogar ou fazer compras ou o que for. Mas isso acaba piorando sua vida. Em seguida, você faz mais disso para diminuir esse desconforto. Então a verdadeira dor começa. Torna-se um ciclo vicioso que você não pode quebrar. Foi pelo menos o que aconteceu comigo”, completou ainda o ator na conversa com o The New York Times.